Vitória 91 faz Hamilton relembrar primeira, mais importante: “Alcancei topo da montanha”

Lewis Hamilton tentou escolher a mais especial das 91 vitórias na F1. O britânico escolheu a primeira, no GP do Canadá de 2007, por motivo simples: “Foi quando eu deixei meu pai orgulhoso”

Lewis Hamilton é agora, ao lado de Michael Schumacher, o recordista de vitórias na Fórmula 1. Os dois conseguiram 91 triunfos cada, com o mais recente do britânico vindo no GP de Eifel deste fim de semana. Muitas dessas conquistas foram marcantes, mas o britânico tem bem claro para si: a melhor de todas foi a primeira, no GP do Canadá de 2007.

A primeira de 91 vitórias veio ainda na temporada de estreia de Hamilton na F1, apenas na sexta largada. Mais do que mostrar ao mundo que era um futuro campeão, Lewis realizou importante objetivo pessoal: recompensar os esforços da família para chegar ao estrelato.

“Eu acho que a primeira [vitória] sempre vai ser o momento de destaque para mim”, disse Hamilton, questionado sobre seu momento mais importante na F1. “A gente sempre tenta se conectar com o público e acho que todo mundo entende como é quando você tem um sonho e com um pai que se sacrifica tanto para isso. Minha mãe também, minha madrasta. Todo mundo se sacrificou tanto para me levar até a F1. Ir ao alto do pódio foi a sensação de que eu finalmente tinha chegado ao topo da montanha”, seguiu.

Lewis Hamilton já soma incríveis 91 vitórias (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A família Hamilton, apesar de não ser necessariamente pobre, não era tão abastada quanto a de outros pilotos da F1. O pai Anthony chegou a ter três empregos diferentes apenas para apoiar o começo de carreira de Lewis no kart. Foi só com a chegada da McLaren para investir no jovem talento que a vida financeira começou a ficar mais simples. Tudo isso passou pela cabeça de Hamilton no Canadá em 2007.

“Todas as derrapadas, todas as adversidades… Eu nunca vou esquecer aquele momento, olhando meu pai e finalmente chegando lá. Eu o deixei orgulhoso, talvez hoje também, então sempre vou me lembrar desse momento. Isso consolida também o apoio incrível, a confiança que a McLaren e o Ron [Dennis, ex-chefe de equipe], assim como a Mercedes, tiveram em mim desde o começo”, encerrou.

Hamilton não viria a ser campeão em 2007, mas isso foi o de menos. O título veio em 2008, com a era de domínio pela Mercedes ficando guardado para começar em 2014.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube