Webber escapa de punição e toma apenas advertência por ter faltado à pesagem obrigatória no fim do Q1

Mark Webber escapou de uma punição neste sábado (17) em Austin. A direção de prova resolveu apenas advertir o piloto, que não compareceu à garagem da FIA para a pesagem obrigatória do carro no fim do Q1

► As imagens da F1 deste sábado na pista de Austin, nos EUA

Mark Webber tomou uma advertência da direção de prova da etapa de Austin, por não ter comparecido à pesagem obrigatória durante o treino classificatório da tarde deste sábado (17).  A atitude do piloto da Red Bull ficou sob investigação após o treino decisivo para o GP dos EUA, depois que comissários relataram que o australiano perdeu a verificação de peso, que deveria ter sido feita no fim do Q1.

A direção apenas advertiu Webber pelo incidente, o que significa que ele não vai perder a posição de largada conquistada na pista. Mark inicia a etapa norte-americana da F1 no terceiro posto.
 

Mark Webber larga em terceiro em Austin (Foto: Red Bull/Getty Images)

"O piloto falhou ao não se dirigir diretamente à garagem da FIA para a pesagem quando foi chamado. Porém, ao perceberem o erro, a equipe levou o carro aos boxes imediatamente", disse a nota emitida pela entidade máxima.

Outro incidente que estava sob investigação e que envolvia Fernando Alonso e Michael Schumacher terminou sem sanções também. O alemão bloqueou o espanhol durante o Q2, o que gerou queixa por parte do ferrarista. Mas ambos afirmaram à FIA que estavam ainda em volta de aquecimento, o que não comprometeu o desempenho dos dois no restante da sessão classificatória.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube