Tsunoda revela surpresa com renovação na AlphaTauri para 2022: “Eu só bato”

Yuki Tsunoda não tinha certeza se seguiria na AlphaTauri em 2022. O japonês reconhece que esteve inconsistente demais, sofrendo acidentes e desperdiçando chances na estreia na F1

Yuki Tsunoda bate carro da AlphaTauri durante classificação na França (Vídeo: F1)

Yuki Tsunoda recebeu uma boa notícia às vésperas do GP da Itália. A AlphaTauri decidiu oferecer uma renovação de contrato para 2022, dando um voto de confiança ao japonês. Yuki foi pego de surpresa, acreditando que arranjou problemas demais na temporada de estreia na Fórmula 1.

“Eu estou muito empolgado”, disse Tsunoda. “A primeira metade da temporada foi muito inconsistente para mim e eu fiquei um pouco surpreso de saber que vou ficar para o ano que vem. Agradeço a todos na equipe, estou empolgado para ter esse oportunidade ano que vem. Esse ano, sigo querendo aprender tanto quanto possível. [Eu fiquei surpreso] porque eu só bato. Eu fiz a equipe gastar muito dinheiro”, admitiu.

Tsunoda teve quatro grandes acidentes na temporada até aqui. O japonês terminou nas barreiras de pneus em Ímola, Baku, Paul Ricard e Hungaroring. Nas três primeiras, durante treinos classificatórios.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Yuki Tsunoda fica mais um ano na F1, para a surpresa do próprio (Foto: Red Bull Pool Content/Getty Images)

“Não é como eu queria terminar a primeira parte do ano, como quando eu bati no TL1 na Hungria e arruinei duas sessões. O Franz [Tost, chefe da AlphaTauri] e o Helmut [Marko, consultor da Red Bull] falaram que eu precisava de mais consistência e de mais disciplina. Eu não sabia o que ia acontecer na Fórmula 1, então eu fui com tudo em cada sessão. Eu me senti bem, sob controle, mas aí eu tive aquele acidente em Ímola e perdi um pouco de confiança. Não esperava isso, nas categorias menores eu não tinha isso de perder controle e bater. Eu nunca tive isso de perder confiança, foi um problema. Estou trabalhando em cima disso, trabalhando para ser consistente”, destacou.

Tost, chefe da AlphaTauri, precisou entrar em ação para ajudar Tsunoda. O dirigente ordenou que o novato se mudasse da Inglaterra para Faenza, na Itália, onde teria rotina controlada de perto. Os resultados ainda não melhoraram muito: Yuki soma 18 pontos até aqui, com o sexto lugar na Hungria como melhor resultado. São performances bem mais tímidas que as do companheiro Pierre Gasly, com 66 tentos e um pódio até aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar