Matsushita anuncia saída da F2 e Alesi vira novo companheiro de Drugovich na MP

Nobuharu Matsushita alegou que “depois dos acontecimentos na etapa belga”, onde se chocou com Felipe Drugovich na corrida 1 em Spa-Francorchamps, ficou difícil dar sequência à temporada da Fórmula 2

Às vésperas da rodada dupla de Sóchi, que antecede uma pausa de dois meses na temporada, a Fórmula 2 tem uma pequena dança das cadeiras. Nobuharu Matsushita, que correu pela MP Motorsport e venceu a corrida 1 da etapa de Barcelona, na Espanha, anunciou nesta terça-feira (22) sua saída da equipe holandesa. Em seu lugar, vai correr Giuliano Alesi, que fez todo o campeonato até o momento pela HWA.

Matsushita escreveu em japonês nas suas redes sociais nesta manhã sobre os motivos pelos quais vai deixar a temporada com seis corridas restantes para o fim do campeonato. “Depois dos acontecimentos na etapa belga, no verão, ficou difícil continuar a temporada, então decidimos nos despedir da Fórmula 2”.

Naquele fim de semana, Matsushita disputava posição com seu companheiro de equipe, Felipe Drugovich, na corrida 1, realizada no sábado. A prova começou promissora para o paranaense de Maringá, mas acabou em decepção. Ao tentar passar Matsushita por fora na curva Blanchimont, o brasileiro foi espremido pelo japonês, que furou pneu e foi direto para a barreira de pneus. Felipe perdeu a asa dianteira e acabou em 20°.

View this post on Instagram

応援してくださる皆様へ 公式発表もありましたが、僕は今シーズン、残りのF2選手権には参戦しない事が決まりました。個人として戦う事を決めた2020年、開幕前から波乱の連続でしたが、チームからは絶大なサポートをしてもらい戦ってきました。結果的に、悔しいレースも多いですが、MPと共に勝ち取ったバルセロナでの優勝は忘れられないレースです。夏のベルギー大会での出来事以降、シーズンの継続が困難になり、僕たちはここで、今シーズンのF2に別れを告げることにしました。 スポンサー各社の皆様、そして応援してくれたすべての人々へ、僕と共にこのシーズンを戦ってくれた事を心から感謝しています。 ありがとうございました! ー合掌ー

A post shared by N O B U // 松下信治 (@nobu_mat13) on

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

No domingo, Matsushita sequer largou. E, nas corridas seguintes, disputadas em Monza e Mugello, o nipônico não conseguiu alcançar a zona de pontuação.

Os dois pilotos, agora ex-companheiros de equipe, trocaram mensagens amistosas no Instagram da postagem do japonês. “Fico triste por ouvir isso, mas desejo boa sorte no futuro, irmão”, escreveu o brasileiro. Matsushita respondeu: “Felipino, tudo do melhor para você”.

“Decidi não participar do resto do campeonato da Fórmula 2 nesta temporada. Em 2020, decidi lutar individualmente e enfrentei uma série de altos e baixos antes da abertura [do campeonato], mas lutei com um apoio enorme da equipe. Mas foram muitas corridas decepcionantes”, explicou.

O piloto ressaltou que ter vencido “com a MP em Barcelona foi inesquecível”. E completou se dizendo “profundamente grato a todos os patrocinadores e todas as pessoas que me apoiaram nesta temporada. Muito obrigado”.

Com 26 anos, Nobuharu é um veterano do grid da Fórmula 2 desde quando a principal classe de acesso à Fórmula 1 se chamava GP2 e atua no grid desde 2015.

Giuliano Alesi, Fórmula 2, Ferrari
Piloto da Academia da Ferrari, Alesi vai fechar a temporada da F2 pela MP (Foto: Ferrari)

Para o lugar de Matsushita, a MP vai passar a contar com Giuliano Alesi. O francês de 21 anos faz sua segunda temporada na Fórmula 2. Até agora, neste ano, o piloto ocupa somente a 17ª posição no campeonato com 8 pontos somados. A única vez do filho de Jean Alesi na zona de pontuação foi com o sexto lugar na corrida 1 da etapa da Áustria, na abertura do campeonato.

“Estou super feliz, animado e, acima de tudo, motivado para trabalhar com a MP e começar essa nova aventura na Fórmula 2. Estou muito ansioso por Sóchi e mal posso esperar para entrar no carro e acelerar”, declarou o membro da Academia de Pilotos da Ferrari.

Além da rodada dupla de Sóchi neste fim de semana, o calendário da Fórmula 2 prevê mais quatro provas, todas no Bahrein: entre os dias 28 e 29 de novembro e, no anel externo de Sakhir, nos dias 5 e 6 de dezembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube