F2

Ex-F1, Merhi é substituído por Boccolacci na MP e fica fora do grid da F2

Roberto Merhi, que fez a rara transição da F1 para a F2, perdeu a vaga na equipe MP. O espanhol foi substituído por Dorian Boccolacci, antes na GP3, já na etapa da Bélgica. Para a vaga de Boccolacci, quem chega é Richard Verschoor
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Roberto Merhi (Foto: FIA F2)
A jornada de Roberto Merhi na F2 chegou ao fim – ao menos por enquanto. A equipe MP anunciou na manhã desta quarta-feira (22) a decisão de trocar o espanhol por Dorian Boccolacci para a sequência da temporada 2019. A mudança tem efeito imediato. Boccolacci, assim, deixa o grid da GP3 e sobe o degrau da F2 já na etapa da Bélgica, em Spa-Francorchamps.
 
A mudança é um novo revés na carreira de Merhi. O espanhol chegou a ser titular da F1 com a Manor em 2015, conseguindo um 12º lugar como melhor resultado. Incapaz de se sustentar na categoria, Roberto partiu para a F2 em 2017, conseguindo um único pódio – terceiro lugar na corrida 1 de Mônaco de 2018 – desde então.
Roberto Merhi deixa a F2 (Foto: FIA F2)
Para Boccolacci, a mudança é caseira. O francês já defendia a MP na GP3 e segue na mesma casa para dar os primeiros passos na F2. “Estou segurando essa oportunidade com as duas mãos. Ser promovido à F2 no meio da minha segunda temporada da GP3 é um sinal de confiança da MP, uma equipe em que me encaixei muito bem”.
 
Quem ocupa a vaga de Boccolacci na GP3 é Richard Verschoor. O holandês ocupava a 11ª colocação na temporada da Formula Renault Eurocup.
 
A etapa da Bélgica da F2 acontece já neste fim de semana, com corridas nos dias 25 e 26.