Drugovich duela com Doohan e conquista pole da F2 na Holanda. Pourchaire bate e é 16º

Felipe Drugovich não podia pedir mais da classificação da Fórmula 2 na Holanda: conquistou a pole-position e ainda viu o rival Théo Pourchaire ir ao muro

ALONSO E HAMILTON FAZEM AS PAZES + RED BULL-PORSCHE NA F1 JÁ ERA? | WGP

Foi uma classificação complicada. Duas bandeiras vermelhas que encerraram a buscar por tirar tempo dos jogos de pneus separados para tomar tempo em Zandvoort, na manhã desta sexta-feira (2). Mas Felipe Drugovich deu mais um passo grande para conquistar o título da Fórmula 2 na temporada 2022. Drugovich foi o mais rápido e larga na pole-position na corrida principal do fim de semana, no domingo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Relacionadas


A briga pela pole foi somente de dois pilotos: um duelo entre Drugovich e Jack Doohan. O australiano levou a melhor na primeira tentativa, mas Felipe cobriu a aposta e superou o rival na volta derradeira.

O único piloto que ainda pode desbancar Drugovich no campeonato, Théo Pourchaire, sofreu um acidente, danificou bastante o carro e sai somente no 16º lugar.

Atrás de Drugovich e Doohan, o top-10 fica ainda com Logan Sargeant, Richard Verschoor, Ayumu Iwasa, Liam Lawson, Dennis Hauger, Jüri Vips, Marcus Armstrong e Clément Novalak. Assim, Novalak larga na pole da corrida sprint, do sábado, de acordo com o sistema de grid invertido.

O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP da Holanda de Fórmula 1. Na Fórmula 2, a corrida sprint do sábado está marcada para as 12h [de Brasília, GMT-3].

A classificação da Fórmula 2 na Holanda

Confira como foi a classificação:

Durante a semana, a previsão do tempo apontava para grandes chances da classificação da Fórmula 2 acontecer com chuva, mas a realidade que se apresentou foi bastante diferente. Céu com um sol em meio a algumas nuvens, 25°C de temperatura ambiente e 37°C na pista. Tudo isso para enfrentar a curva angulada e o circuito de Zandvoort e abrir os trabalhos do fim de semana.

A situação no começo dos trabalhos já era dramática para Théo Pourchaire. Após uma etapa ruim na Bélgica, o francês tinha de começar imediatamente a buscar resultados: afinal, Felipe Drugovich já pode ser campeão neste domingo. É improvável, sim, mas a possibilidade matemática existe.

Com tudo certo para o começo da classificação, carros na pista e a busca por voltas rápidas. Todo mundo saiu imediatamente já que o único treino livre, realizado mais cedo, teve duas interrupções por bandeira vermelha que tomaram tempo demais. Jack Doohan, aliás, foi quem ponteou.

E o começo da tomada de tempos também balançou na direção de Doohan. O australiano assinalou 1min21s760 e partiu com a ponta após ser o penúltimo a dar volta rápida. Drugovich fez o segundo tempo, somente 0s1 atrás, e não podia reclamar.

O acidente de Théo Pourchaire em Zandvoort (Foto: Reprodução/Fórmula 2)

Dennis Hauger aparecia em terceiro, logo na frente de Pourchaire. Esses quatro andaram na casa de 1min21s, ao passo que Jehan Daruvala, Amaury Cordeel, Logan Sargeant, Marcus Armstrong, Ayumu Iwasa e Liam Lawson vinha na sequência. Os 16 primeiros colocados estavam separados por menos de 1s.

Havia uma dúvida, com a pista mais quente que o esperado, sobre se os pilotos conseguiriam duas boas voltas rápidas com o mesmo jogo de pneus. A dúvida, porém, foi exterminada quando a bandeira vermelha apareceu. A imagem logo mostrou Pourchaire cravado na barreira de proteção na entrada da temida curva três, justamente a com características de circuito oval. O francês saiu sozinho do carro, mas certamente não voltaria mais para a classificação.

Na repetição, ficou claro que Pourchaire perdeu a traseira e, na tentativa de corrigir, jogou demais a frente para fora e perdeu o controle de vez. Pegou bem com o bico na barreira, danificando a proteção.

Jack Doohan é um dos favoritos da F2 na Holanda (Foto: Reprodução/Fórmula 2)

Após uma interrupção de cerca de 15 minutos para a barreira ser reparada, bandeira verde novamente. O primeiro a tirar tempo na segunda tentativa foi Iwasa, que pulou para a frente abrindo a segunda série de voltas rápidas já com novos pneus.

Mas a briga parecia mesmo ser entre Drugovich e Doohan. A correria voltou para os dois, mas desta feita foi Felipe quem levou a melhor: 1min20s713 e 0s2 de frente para Jack. Sargeant surgia no terceiro posto, com Richard Verschoor em quarto. Iwasa era o quinto.

Tudo isso quando, com quatro minutos pela frente, Daruvala rodou sozinho e ficou travado na pista. Nova bandeira vermelha, mas, agora, com incerteza quanto a capacidade dos pneus de oferecerem nova volta rápida. De qualquer forma, o fim da sessão teria de aguardar. Drugovich saiu do carro logo antes da bandeira verde aparecer de novo. Não havia mais o que fazer. Somente um piloto passou perto de melhorar a volta, Frederik Vesti, mas o dinamarquês errou quando se aproximava da reta dos boxes e colocou tudo a perder. Pole mesmo para Drugovich e, com Pourchaire em 16º, cada vez mais próximo do caneco.

F2 2022, GP da Holanda, Zandvoort, Grid de Largada:

1F DRUGOVICHMP1:20.713 
2J DOOHANVirtuosi1:20.939+0.226
3L SARGEANTCarlin1:21.241+0.528
4R VERSCHOORTrident1:21.242+0.529
5A IWASADAMS1:21.243+0.530
6L LAWSONCarlin1:21.281+0.568
7D HAUGERPrema1:21.347+0.634
8J VIPSHitech1:21.443+0.730
9M ARMSTRONGHitech1:21.454+0.741
10C NOVALAKMP1:21.559+0.846
11F VESTIART1:21.580+0.867
12A CORDEELVan Amersfoort1:21.619+0.906
13E FITTIPALDICharouz1:21.733+1.020
14R NISSANYDAMS1:21.738+1.025
15M SATOVirtuosi1:21.923+1.210
16T POURCHAIREART1:21.984+1.271
17J DARUVALAPrema1:22.007+1.294
18D BECKMANNVan Amersfoort1:22.075+1.362
19O CALDWELLCampos1:22.084+1.371
20C WILLIAMSTrident1:22.122+1.409
21R BOSCHUNGCampos1:22.399+1.686
22T CALDERÓNCharouz1:23.113+2.400
DRUGOVICH, LÍDER DA F2, TEM LUGAR NA FÓRMULA 1 EM 2023?
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 2 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.