Gasly domina classificação em Abu Dhabi e faz terceira pole na temporada 2015 da GP2. Negrão é 11º

Pierre Gasly foi mais rápido o tempo todo, mesmo quando rodou depois de Stoffel Vandoorne e Alex Lynn. A pole-position do jovem piloto reserva da Red Bull foi o equivalente de classificações a uma vitória de ponta a ponta

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

É novamente de Pierre Gasly a pole-position na GP2. Na noite de Abu Dhabi nesta sexta-feira (27), o francês do programa de desenvolvimento da Red Bull fez sua terceira pole nas últimas quatro etapas do ano: Monza, Bahrein e Abu Dhabi. Um final de ano forte para o piloto de 19 anos, vice-campeão da World Series em 2014.

Stoffel Vandoorne tentou por duas rotações de voltas rápidas passar Gasly, chegou até a ficar no mesmo centésimo, mas contando com um leve erro do francês na volta da pole. Sendo assim, o campeão abdicou da última chance e aceitou o segundo lugar.
 
Atrás dele, na segunda fila, Mitch Evans e Alex Lynn. Evans, além da GP2, ainda testou com a Porsche campeão mundial no WEC enquanto esteve no Bahrein. Lynn, um dos mais promissores do grid, caminha para terminar o ano como o melhor novato na classificação final.
 
Raffaele Marciello, Alexander Rossi, Jordan King, Nobuharu Matsushita e Artem Markelov encerram o top-10 para a prova do sábado.
Pierre Gasly (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

Confira como foi o treino:

Como de costume nos treinos da GP2, todo mundo saiu junto e foi às voltas rápidas também grudados. Na primeira sessão de voltas velozes, foi Pierre Gasly, pole no Bahrein, que andou mais rápido. O campeão Stoffel Vandoorne não chegou a ir além de aquecer os pneus na primeira ida, ficando distante no 21º lugar – e caindo mais.
 
23 minutos de classificação restantes quando André Negrão conseguiu registrar um quarto lugar, o que seria de longe a melhor posição de largada dele no ano. 
 
Entre Gasly e Negrão, Mitch Evans, recém-testado pela Porsche no carro campeão mundial de endurance, e Jordan King.
 
Até que Vandoorne andou para valer, com 19 minutos ainda no relógio. Aí o belga pulou para o segundo lugar, cerca de 0s17 atrás do francês do programa de desenvolvimento da Red Bull.
 
O pessoal recolheu, mas na saída para a segunda passagem, o top-10 tinha Gasly, Vandoorne, Evans, Alexander Rossi, King, Negrão, Alex Lynn, Raffaele Marciello, Rio Haryanto e Arthur Pic.
 
Entre os primeiros, quem estreou na saída à pista foi Lynn. E facilmente ele quebrou a corrente do top-7 e superou o trabalho que tinha feito. Apenas 0.035 atrás de Gasly e o segundo lugar. 
 
Na sequência, Gasly deu uma leve escapada da pista, mas mesmo assim ficou com um tempo levemente mais rápido. Vandoorne também melhorou e voltou para o segundo lugar, enquanto Marciello pulou para a quarta colocação. O piloto reserva da McLaren escolheu, então, voltar aos boxes e abandonar a briga pela pole-position – era o final de sua última sessão classificatória na GP2.

No fim das contas, Gasly ficou mesmo com a pole. Vandoorne, Evans, Lynn, Marciello, Haryanto, Rossi, King, Matsushita e Markelov completaram o top-10.

GP2, Abu Dhabi, Yas Marina, corrida 1, grid de largada: 

1 PIERRE GASLY FRA DAMS 1:47.769   10
2 STOFFEL VANDOORNE BEL ART 1:47.866 +0.097 9
3 MITCH EVANS NZL RUSSIAN TIME 1:48.014 +0.245 11
4 ALEX LYNN ING DAMS 1:48.049 +0.280 10
5 RAFFAELE MARCIELLO ITA TRIDENT 1:48.419 +0.650 11
6 RIO HARYANTO INA CAMPOS 1:48.429 +0.660 11
7 ALEXANDER ROSSI EUA RACING ENGINEERING 1:48.598 +0.829 11
8 JORDAN KING ING RACING ENGINEERING 1:48.632 +0.863 11
9 NOBUHARU MATSUSHITA JAP ART 1:48.699 +0.930 10
10 ARTEM MARKELOV RUS RUSSIAN TIME 1:48.743 +0.974 11
11 ANDRÉ NEGRÃO BRA ARDEN 1:48.822 +1.053 11
12 SERGEY SIROTKIN RUS RAPAX 1:48.981 +1.212 11
13 NORMAN NATO AUT ARDEN 1:49.105 +1.336 11
14 ARTHUR PIC FRA CAMPOS 1:49.110 +1.341 11
15 SERGIO CANAMASAS ESP LAZARUS 1:49.146 +1.377 11
16 DEAN STONEMAN ING CARLIN 1:49.166 +1.397 11
17 NICOLAS LATIFI CAN MP 1:49.350 +1.581 11
18 OLIVER ROWLAND ING STATUS 1:49.374 +1.605 11
19 RENE BINDER ING MP 1:49.661 +1.892 11
20 DANIEL DE JONG HOL TRIDENT 1:49.727 +1.958 11
21 NATHANAËL BERTON FRA LAZARUS 1:49.779 +2.010 11
22 MARLON STÖKINGER SUI STATUS 1:49.839 +2.070 11
23 SEAN GELAEL INI CARLIN 1:50.543 +2.774 11
24 GUSTAV MALJA SUE RAPAX 1:51.604 +3.835 11

 

 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

O nome é Ron Dennis, mas pode chamar de Chato de Galocha que ele atende com…

Posted by Grande Prêmio on Sexta, 27 de novembro de 2015

PADDOCK GP EDIÇÃO #8: ASSISTA JÁ

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube