Armstrong muda de casa e é confirmado na DAMS para temporada 2021 da Fórmula 2

Marcus Armstrong vai para a segunda temporada na Fórmula 2 e mudou de casa. O neozelandês saiu da ART e parte para novo desafio na DAMS, ainda sem companheiro de equipe definido

Marcus Armstrong está de casa nova para seu segundo ano na Fórmula 2. O neozelandês sai da ART e vai para a DAMS na temporada 2021, equipe que já trabalhou com pilotos que recentemente chegaram à Fórmula 1, como Pierre Gasly, Alexander Albon e Nicholas Latifi.

Em 2020, Armstrong, que é da academia de jovens pilotos da Ferrari, terminou a F2 na 13ª posição, com 52 pontos conquistados e dois pódios. O neozelandês foi campeão da Fórmula 4 Italiana em 2017 e vice da Fórmula 3 em 2019.

“Em um campeonato com apenas oito rodadas triplas, a experiência possui um papel vital e contar com a equipe DAMS me deixa confiante para esta temporada. Meu objetivo é claro, quero conquistar o título”, disse Armstrong ao seu anunciado.

Marcus Armstrong vai para a DAMS em seu segundo ano na F2 (Foto: Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ainda sem renovar, Hamilton fala em “muitas peças se mexendo

“Sei que não será fácil porque é um grid de alto nível, começando pelo meu colega Robert Shwartzman, também da academia da Ferrari”, completou.

A temporada 2020 da Fórmula 2 vai contar com 24 corridas divididas em oito rodadas triplas. É o mesmo número de provas de 2020, mas em menos eventos. O campeonato começa nos dias 27 e 28 de março, no Bahrein, e termina em Abu Dhabi, nos dias 11 e 12 de dezembro.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube