Pit-stop, 13 ultrapassagens e disputa pela liderança no fim: Leclerc surpreende com vitória na corrida 2 da F2 no Bahrein

Charles Leclerc ousou ao fazer um pit-stop quando não era obrigado. Mas a aposta valeu a pena: com pneus novos, o monegasco saltou de 14º para primeiro em apenas oito voltas. Sérgio Sette Câmara furou um pneu e terminou em 18º

 
As segundas corridas dos finais de semana da F2 não tem pit-stops obrigatórios – não faria sentido em provas tão curtas. Mesmo assim, Charles Leclerc decidiu ir aos boxes neste domingo (16). E venceu: em uma apresentação impecável, o monegasco aproveitou ao máximo os pneus novos e saltou de 14º para primeiro em apenas oito voltas.
 
A ultrapassagem mais importante de todas veio na última volta: em segundo, Leclerc se aproximava rapidamente de Luca Ghiotto, então líder. O italiano só precisava se defender por mais meia volta e levar a vitória para casa, mas um erro na curva 4 permitiu uma ultrapassagem tranquila do monegasco.
 
A apresentação de Leclerc foi digna de aplausos, mas também é verdade que pneus novos são uma grande vantagem em um circuito como o do Bahrein. No final, o piloto da Prema estava 2s mais veloz do que seu adversários mais próximos.
Charles Leclerc venceu no Bahrein (Foto: Reprodução/Twitter)
O terceiro lugar ficou com Oliver Rowland. Nicholas Latifi, Jordan King, Nyck de Vries, Alexander Albon e Artem Markelov – que também fez um pit, mas sem o sucesso de Leclerc – completaram a zona de pontos.
 
Sérgio Sette Câmara, único brasileiro na categoria em 2017, teve sua prova arruinada já na largada. Uma confusão nos primeiros metros o deixou com um pneu furado. Andando na rabeira o tempo todo, Sérgio só conseguiu o 18º lugar. O prêmio de consolação foi anotar a volta mais rápida da prova.
 
O resultado deixa Leclerc na liderança da F2 com 36 pontos, 8 na frente de Markelov, vice-líder.
 
PADDOCK GP #73 DISCUTE F1, MOTOGP E INDY E FAZ PRÉVIA DO GP DO BAHREIN

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube