Sem acerto, DAZN deixa de transmitir F2 e F3 na temporada 2020

O GRANDE PRÊMIO soube que o serviço de streaming DAZN não chegou a um acordo de renovação para manter na sua grade de programação a transmissão das categorias de base F2 e F3 em 2020

O DAZN terá duas opções a menos para seus assinantes no seu catálogo para 2020. O serviço de streaming não chegou a um acordo para manter a transmissão das categorias de base F2 e F3, que servem como evento suporte da F1, soube o GRANDE PRÊMIO.

O canal online transmitia para o Brasil as categorias desde maio de 2019. Agora, com a saída da F2 e da F3, o DAZN mantém apenas a Indy como categoria de automobilismo, além do Mundial de Superbike no motociclismo.

Ainda sobre a categoria norte-americana de monopostos, o serviço de streaming é a única opção para o público brasileiro no momento, uma vez que a Band, emissora que detinha os direitos de transmissão da Indy, não chegou a um acordo para a renovação de contrato em 2020.

No exterior, por exemplo, a plataforma transmite o Mundial de MotoGP na Espanha. E, no Japão, teve um acordo com o Liberty Media para transmitir as etapas do Mundial de F1.

Enzo Fittipaldi corre a F3 neste ano (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Recentemente, o DAZN anunciou uma medida para atrair um maior número de assinantes e reduziu o valor da sua mensalidade de R$ 37,90 para R$ 19,90.

Na temporada passada, o DAZN dividiu com o canal por assinatura SporTV, do Grupo Globo, as transmissões da F2, enquanto a F3 foi exibida de forma exclusiva pelo serviço de streaming.

Neste ano, a F2 já tem dois brasileiros confirmados para a temporada: Pedro Piquet e Felipe Drugovich, enquanto Enzo Fittipaldi é nome certo para disputar a F3 Internacional. 

Ambas as categorias tem início programado para o dia 21 de março, no Bahrein.


 

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar