F2

Sette Câmara lamenta 'bater na trave' no Bahrein, mas valoriza pódio duplo com “carro rápido e confiável”

Sérgio Sette Câmara liderou a segunda corrida da Fórmula 2 no Bahrein em dois estágios diferentes, mas foi ultrapassado por Luca Ghiotto nas voltas finais. Em terceiro lugar no campeonato, valorizou os pontos conquistados na primeira etapa da temporada

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas


Sérgio Sette Câmara ficou no pódio pela segunda vez em duas corridas na F2. Na etapa do Bahrein, que teve a segunda perna disputada neste domingo (31), o brasileiro da Dams chegou a liderar a prova em dois estágios diferentes, mas foi superado pelo italiano Luca Ghiotto no fim, ficando com o segundo lugar.

Após ser o terceiro colocado no sábado, Sette Câmara lamentou a perda da vitória na antepenúltima volta. Ghiotto liderava a corrida numa estratégia diferente de pneus. Dentro dos planos, fez um pit-stop para colocar pneus macios - e voltou para a pista voando. Mesmo com um ritmo impressionante no segundo stint da prova, o brasileiro não foi páreo para o italiano. Ficou uma leve decepção com o final da corrida.

“Estou feliz pela segunda colocação na corrida de hoje, mas, certamente um pouco decepcionado em não ter conquistado a vitória. Sabíamos do grande desgaste dos pneus nesta pista, mas deixamos para definir se pararíamos para a troca dos pneus durante a prova", declarou.
Sérgio Sette Câmara (Foto: Dutch Photo Agency)
Sette Câmara revelou que chegou a pensar em repetir a estratégia de Ghiotto na reta final da corrida, mas preferiu não correr o risco, sabendo da possibilidade de poder ficar preso no pelotão intermediário.

"Pela circunstância naquele momento decidimos não parar, uma vez que o risco de voltar no meio do pelotão também é muito considerável. Chegamos a cogitar de fazer a troca a oito voltas para o fim, mas, certamente não daria mais tempo para nos recuperarmos", contou.

Com terceiro lugar no sábado e o segundo no domingo, o brasileiro tem 27 pontos no campeonato e ocupa a terceira posição, atrás de Ghiotto e do companheiro de equipe Nicholas Latifi. Ele valorizou os pontos conquistados em Sakhir.

"Saio daqui satisfeito, com 27 pontos na bagagem e a certeza de que temos um carro rápido e confiável”, finalizou.