Collet espera “mata-mata” com Martins na Fórmula 3 em 2021: “Só vai sobrar um”

Caio Collet sabe que vai precisar trabalhar com Victor Martins para fazer a MP ser mais competitiva na Fórmula 3 2021, mas reconhece também que o companheiro de equipe e de Academia da Alpine é o adversário mais importante a ser batido

Caio Collet e Victor Martins formam uma das melhores rivalidades da nova geração do automobilismo. Após dois anos de disputas na F-Renault, ambos vão subir para a Fórmula 3 em 2021 e, justamente, pela mesma equipe, a holandesa MP, que teve Felipe Drugovich como titular na F2 2020. Para aumentar o grau de competitividade entre os dois, Martins voltou a fazer parte da Academia da Alpine, ou seja, é um duelo mais do que direto pela sequência de ambos no sonho da Fórmula 1. E Collet sabe bem disso.

Ao ser questionado pelo GRANDE PRÊMIO durante coletiva sobre o duelo direto com Martins na F3 e dentro da MP em 2021, o Collet admitiu que, se tudo correr como previsto, será um ano que vai decidir quem segue em frente no programa da Alpine.

“Por mais que as pessoas tentem ocultar um pouco, é basicamente um mata-mata [contra o Victor Martins], acho que dali só vai sobrar um, é a visão que eu tenho disso”, disse.

Caio Collet vai para o primeiro ano na F3 (Foto: Dutch Photo Agency)

Caio também explicou que bater o rival francês é, naturalmente, a meta inicial no campeonato, mas que nada vai adiantar se ambos não trabalharem juntos e, assim, puxarem a MP para a frente no pelotão, desafiando as equipes mais tradicionais.

“Bater ele é meu primeiro objetivo. Sempre é assim, tem de ser o primeiro que você precisa superar, ele é sua referência, então, sim, meu primeiro alvo. Mas também acho que vão ser dois pilotos bons, que vão ajudar o time, então precisamos fazer a equipe crescer, é esse o principal objetivo para a gente chegar no nível de ART, Prema. Para chegar aí, precisaremos nos ajudar”.

Separados por um ano de diferença, Martins e Collet vão, pela primeira vez, entrar em condições de igualdade de experiência em um campeonato. Em 2019, Victor já tinha rodagem na F-Renault Eurocup e terminou com o vice, enquanto novato Caio foi o quinto. No ano passado, no terceiro ano de categoria, Martins foi campeão, com Collet fechando em segundo.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube