Doohan passa Hauger e vence corrida principal da F3 na França. Collet vai ao pódio

Jack Doohan superou Dennis Hauger na raça e venceu pela primeira vez na Fórmula 3. Caio Collet fez grande apresentação em Paul Ricard, passou Victor Martins e foi o terceiro. Enzo Fittipaldi também teve jornada positiva

Verstappen voa em Paul Ricard e é pole: os melhores momentos da classificação do GP da França (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

A corrida 3 e principal da rodada tripla da etapa francesa da Fórmula 3 teve vitória de Jack Doohan na manhã deste domingo (20). Filho do lendário Mick Doohan, o australiano, que largou na quarta posição com o carro da Trident, aproveitou a melhor performance na pista molhada de Paul Ricard, escalou o pelotão e, nas voltas finais, superou Dennis Hauger para vencer pela primeira vez na categoria. Piloto da Prema, o norueguês, que parecia ter o triunfo nas mãos durante boa parte da disputa, ficou em segundo lugar.

Destaque para Caio Collet. O brasileiro viveu um sábado absurdamente difícil, mas conseguiu se recuperar neste domingo com ótima exibição. O piloto largou em quinto, perdeu posições, mas se recuperou e alcançou um lugar no pódio depois de vencer duelo interno na MP Motorsport com Victor Martins, um dos grandes nomes do fim de semana. Assim, Collet fechou na terceira posição.

JACK DOOHAN; DENNIS HAUGER; ULTRAPASSAGEM; CORRIDA 3; FÓRMULA 3; PAUL RICARD;
Jack Doohan passa Hauger para liderar e vencer a corrida 3 da F3 em Paul Ricard (Foto: F3/Twitter)

Martins cruzou a linha de chegada em quarto, à frente de Clément Novalak. Frederik Vesti, o pole na corrida, não conseguiu confirmar sua posição, perdeu importantes colocações e foi apenas o sexto, seguido por Ayumu Iwasa e Alex Smolyar. Juan Manuel Correa voltou a pontuar na temporada e terminou em nono, enquanto Jak Crawford fechou a lista dos dez primeiros.

Enzo Fittipaldi também foi bem, em que pese as dificuldades durante o fim de semana. O piloto da Charouz largou em 21º e ganhou nada menos do que dez posições para cruzar em 11º lugar. Outro jovem que foi muito bem neste domingo foi Arthur Leclerc. Embalado pela vitória no sábado, o monegasco, que não marcou tempo na classificação de sexta-feira, largou em último, mas teve impressionante performance para terminar em 13º.

O campeonato agora tem Hauger na liderança com 66 pontos, contra 60 de Martins. Jack Doohan pulou para terceiro e soma agora 58 tentos, contra 49 de Novalak. Collet, com os 15 pontos somados com o pódio neste domingo, soma agora 35 e é o sétimo na tabela.

A próxima rodada tripla da Fórmula 3 acontece na Áustria, no circuito Red Bull Ring, entre 3 e 4 de julho.

VEJA TAMBÉM
+WEB STORIES: Verstappen e Hamilton dividem 1ª fila: o grid de largada na França

Saiba como foi a corrida 3 da Fórmula 3 em Paul Ricard

Dennis Hauger passou Frederik Vesti na largada, aproveitou a pista molhada e abriu vantagem na frente desde o começo. Também na largada, Caio Collet, quinto no grid, caiu uma posição.

Dentre os potenciais candidatos a um bom resultado na corrida, Olli Caldwell, da Prema, abandonou a disputa, o que levou a direção de prova a acionar o safety-car virtual. Depois, com a pista liberada, Hauger manteve a boa vantagem diante de Vesti, enquanto Victor Martins, em excelente fim de semana, aparecia em terceiro, depois de passar Clément Novalak.

LARGADA; FÓRMULA 3; CORRIDA 3; PAUL RICARD; FRANÇA
Dennis Hauger toma ponta na largada em Paul Ricard (Foto: F3/Twitter)

Destaque também para Enzo Fittipaldi, da Charouz, que ganhou muitas posições nas primeiras voltas ao pular de 21º na largada para 13º. Em seguida, o brasileiro acabou sendo superado por Jack Crawford, mas seguia em tentativa de buscar um lugar na zona de pontuação.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Na volta 7, Jack Doohan passou Martins e assumiu o terceiro lugar. Hauger seguia voando na frente e tinha ainda a melhor volta da prova após oito giros de disputa.

Com metade da corrida, Hauger liderava com certa folga, mas passava a ter Doohan em segundo depois de o australiano passar Vesti, que escapou da pista. Martins seguia em quarto, enquanto Collet já era o quinto após superar Novalak. Fittipaldi voltava à 13ª posição no momento em que a pista já começava a secar em determinados pontos.

Richard de Gerus, que nada tinha a perder e estava no fim do grid, arriscou tudo e calçou pneus slicks para a sequência da corrida.

CAIO COLLET; FREDERIK VESTI; F3; PAUL RICARD; CORRIDA 3;
Caio Collet passa Frederik Vesti durante a corrida (Foto: F3/Twitter)

Vesti seguiu perdendo posições. O dinamarquês foi superado por Martins e, em seguida, foi a vez de Collet fazer a ultrapassagem e assumir a quarta posição.

A corrida, em teoria, parecia ganha para Hauger. Mas Doohan tinha melhor performance e rapidamente reduziu uma vantagem de 3s que o norueguês ostentava. O australiano assumiu a liderança depois de fazer a manobra de ultrapassagem na entrada da reta dos boxes no fim da volta 14.

CAIO COLLET; VICTOR MARTINS; F3; PAUL RICARD;
Caio Collet passa Victor Martins em grande duelo de pilotos da MP (Foto: F3/Twitter)

Uma volta depois, e no mesmo local da ultrapassagem de Doohan em cima de Hauger, foi a vez de Collet superar Martins, seu companheiro de equipe MP, e assumir a terceira posição. O brasileiro tinha, inclusive, ritmo muito melhor que o de Hauger nas voltas finais da corrida. Naquele instante, Enzo Fittipaldi tinha a 11ª posição.

Mas Hauger apertou o ritmo e voltou à briga pela vitória contra Doohan. O filho do icônico multicampeão da Mundial de Motovelocidade, Mick Doohan, buscou se defender e, ao mesmo tempo, conservar os pneus diante de uma pista que secava a cada volta. Ao mesmo tempo, De Gerus, com pneus slicks, andava abaixo de 2min, enquanto a maior parte dos pilotos virava na casa de 2min07s.

Doohan concluiu uma grande jornada em Paul Ricard, resistiu à pressão de Hauger até o fim e confirmou sua primeira vitória na Fórmula 3. E Caio Collet, depois de um sábado muito difícil, reagiu bem neste domingo e garantiu mais um pódio na temporada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar