Correa retorna à pista 18 meses após acidente e homenageia Hubert no capacete

Juan Manuel Correa participou dos testes da Fórmula 3 na Áustria pela ART Grand Prix. Foi o retorno do piloto em uma atividade oficial 18 meses após o grave acidente que acabou matando Anthoine Hubert

O piloto equatoriano Juan Manuel Correa voltou a pilotar 18 meses após o gravíssimo acidente em Spa-Francorchamps, na Bélgica, pela Fórmula 2, que quebrou suas duas pernas e o deixou em coma induzido. além de provocar a morte do francês Anthoine Hubert. O piloto participa dos testes de pré-temporada da Fórmula 3, na Áustria, pela ART Grand Prix.

Juan também sofreu lesões sérias no pulmão e na espinha, além do risco de amputar as pernas. O piloto passou por 20 cirurgias durante o período de intensa reabilitação até conseguir o retorno.

No primeiro dia de testes, realizado no último sábado (3), Correa deu 67 voltas e terminou com o tempo de 1min19s456, o suficiente para ficar na 15ª colocação entre os 30 carros que estiveram na pista. Juan Manuel também carregou o logo do companheiro de pista Hubert no capacete.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Que deselegante! Piquet solta ‘Globolixo’ e Band repreende

Juan Manuel Correa no teste da F3 (Vídeo: F3)

“Sou muito grato à ART Grand Prix. Significa muito que eles acreditem em mim e na minha recuperação. A F3 é um ano de transição, meu sonho ainda é alcançar a Fórmula 1 e o primeiro passo é meu retorno”, disse Correa após a contratação pela ART, em fevereiro.

A temporada 2021 da Fórmula 3 tem início nos dias 8 e 9 de maio com a rodada tripla em Barcelona, na Espanha.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube