Pulcini triunfa em corrida 2 da F3 em Silverstone. Shwartzman retoma liderança

Em um fim de semana perfeito para a Hitech em Silverstone, Leo Pulcini rumou para a vitória neste domingo. Robert Shwartzman completou a corrida em segundo e retomou a liderança do campeonato. Pedro Piquet despontava com chance de ir ao pódio, mas foi tocado por Jehan Daruvala e abandonou na penúltima volta. Felipe Drugovich finalizou em décimo

Aos 21 anos, o italiano Leonardo Pulcini venceu pela primeira vez uma corrida na temporada 2019 da Fórmula 3. Na manhã deste domingo (14), em Silverstone, o piloto completou um fim de semana perfeito para a equipe Hitech, que já havia vencido no sábado com o estoniano Jüri Vips, e deu mais um triunfo ao time britânico depois de ter largado na quinta colocação. A manhã também foi positiva para o russo Robert Shwartzman, da Prema, que terminou em segundo, voltou à ponta do campeonato.
 
Pedro Piquet foi um dos bons nomes da corrida. Ao longo de praticamente toda a prova, o brasileiro lutou com Liam Lawson. A batalha durou até a penúltima volta. Depois de um duelo roda a roda com o protegido da Red Bull, o brasileiro acabou sendo acertado por Jehan Daruvala e teve de abandonar quando brigava pelo terceiro lugar.
 
A corrida teve, por conta do grid invertido, a presença de Liam Lawson na pole e Christian Lundgaard completando a primeira fila, com o brasileiro Pedro Piquet partindo lado a lado com Shwartzman logo atrás e Pulcini em quinto. Por sua vez, Vips partiu da oitava colocação por ter vencido a corrida de sábado, enquanto Felipe Drugovich largou em 13º.
Leo Pulcini vence corrida 2 da Fórmula 3 em Silverstone (Foto: FIA Formula 3)

Na largada, Lawson manteve a ponta, enquanto Piquet passou Lundgaard e subiu para segundo lugar. O dinamarquês, inclusive, perdeu também a terceira colocação para Pulcini, que fez a manobra de ultrapassagem depois da curva Stowe. 

 
O top-3 com Lawson, Piquet e Pulcini se manteve nas voltas seguintes. Até que o italiano conseguiu fazer a ultrapassagem sobre o brasileiro na entrada da curva Stowe para assumir a segunda colocação na quinta volta. Três giros depois, por fora, Pulcini deu sequência a um grande ritmo de corrida, passou Lawson por fora e assumiu a liderança da corrida, posto que manteve até a bandeirada final.
 
Aí a grande briga da corrida foi entre Lawson e Piquet pelo segundo lugar. Pedro lutou muito e levou o neozelandês a se defender com garra das tentativas de ultrapassagem. A batalha permitiu que Shwartzman se aproximasse dos dois. Primeiro, o russo conseguiu passar pelo brasileiro, e em seguida o piloto da Prema superou o carro de Lawson para assumir a segunda colocação.
 
Piquet não havia desistido de passar Lawson e tentar um lugar no pódio. Os dois travaram uma grande batalha, que tinha Daruvala logo atrás. O indiano, no entanto, tocou no carro de Piquet na entrada da reta dos boxes. Os dois deram adeus à corrida.
 
A vitória ficou mesmo com Pulcini, com Shwartzman em segundo e Lawson completando o pódio. Marcus Armstrong foi o quarto, seguido pelos carros da ART Grand Prix de Lundgaard e David Beckmann. Yuki Tsunoda foi o sétimo, à frente de Fabio Shcherer, Lirim Zendeli e o brasileiro Felipe Drugovich finalizando em décimo lugar.
 
Com os resultados deste fim de semana, Shwartzman retomou a liderança do campeonato e agora soma 114 pontos, contra 102 de Daruvala. Vips não pontuou neste domingo e segue com 92 tentos, contra 77 de Armstrong. Piquet permanece com 43 pontos e é o quinto na classificação.
 
A próxima rodada dupla da F3 em 2019 acontece em Hungaroring, na Hungria, entre os dias 3 e 4 de agosto.

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube