Williams anuncia aumento de potência das baterias, e carros da F-E serão mais rápidos na temporada 2015/2016

Fornecedora única de baterias elevará a potência de 150 para 170 kw em cada prova. Com os avanços conquistados pelo departamento de engenharia, carros ficarão mais velozes na pista

A área de engenharia da Williams, única responsável pelo fornecimento das baterias que equipam os carros da F-E, informou nesta sexta-feira (11) o aumento da potência de seu componente para a temporada 2015/2016 da categoria.

 
No ano de estreia, as baterias dos carros elétricos tinham 150 kw de potência e, após inúmeros testes de confiabilidade, os engenheiros conseguiram elevar a unidade de força para 170 kw, o que de imediato melhorará o desempenho dos carros.
Nelsinho Piquet é o primeiro campeão da F-E (Foto: China Racing)
"Durante a segunda temporada, as baterias vão operar com 30% mais energia do que foram inicialmente projetadas. Atualizamos componentes e trabalhamos junto às equipes para se certificar de que a confiabilidade não foi afetada. Com este desenvolvimento, os carros serão mais rápidos durante cada corrida", comentou Craig Wilson, diretor da companhia.
 
"A Williams está trabalhando em uma carteira diversificada de projetos de veículos elétricos e híbridos e os aprendizados vindos da F-E são de valor inestimável no desenvolvimento de nossa tecnologia", acrescentou Wilson.
 
Na visão de Alejandro Agag, chefão da F-E, esse tipo de avanço é elementar para o sucesso da categoria de carros elétricos. 
 
"O desenvolvimento de futuras tecnologias de bateria é fundamental para o campeonato. Graças ao desenvolvimento da Williams veremos carros mais rápido, mais eficientes e corridas emocionantes na próxima temporada", disse Agag.
 
A segunda temporada da F-E começa em Pequim, na China, no próximo dia 24 de outubro. 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube