Problemas técnicos e financeiros forçam saída da equipe Trulli da temporada 2015/2016 da F-E

Depois de semanas de incertezas, a equipe Trulli finalmente decidiu deixar o campeonato da F-E. O time do ex-piloto da F1, Jarno Trulli, enfrentou problemas técnicos e financeiros neste início de temporada e chegou a perder as duas primeiras etapas

A equipe Trulli foi oficialmente retirada do campeonato da F-E, com efeito imediato, informou agora pela manhã a categoria os carros elétricos, por meio de um comunicado. O time criado pelo ex-piloto da F1, Jarno Trulli, vai deixar de existir depois de perder as duas primeiras corridas da temporada 2015/2016.
 
Problemas na alfândega na China, falha na revisão técnica na Malásia e problemas financeiros provocaram a crise e consequente saída da equipe do italiano. Isso significa também que a F-E terá apenas 18 carros na etapa de Punta del Este, que acontece neste fim de semana, no Uruguai.
A Trulli vai se retirar da  F-E (Foto: AP)
"Depois de falhar nas verificações técnicas em Pequim e em Putrajaya e também devido ao nosso acordo comercial com a F-E, somos obrigados a anunciar a retirada da Trulli", afirmou Francesco Test, diretor-executivo da esquadra.
 
"Como principais defensores do campeonato elétrico, também somos  a favor de deixar o lugar para que uma nova equipe possa entrar no grid e continuar a desenvolver a categoria e a tecnologia do carro elétrico", completou.
 
Alejandro Agag, chefão da F-E, também lamentou a saída do time. "Estamos desapontados que a Trulli decidiu deixar o campeonato. Ter um piloto como Jarno Trulli envolvido com isso desde os primeiros dias apenas serviu para impulsionar a credibilidade da F-E."
 
"Tomar a decisão de se tornar um fabricante completo foi ousada, o que comprovou seu pioneirismo ao encarar os desafios e os avanços técnicos da F-E", acrescentou o dirigente.
 
"Apesar de tristes em ver a Trulli deixar o campeonato, também temos de dizer que isso cria uma oportunidade para uma nova equipe e um novo fabricante, por isso estamos confiantes na força do campeonato para o futuro", encerrou.

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube