Buemi assume ponta rapidamente e segue invicto na temporada da F-E com vitória em Buenos Aires. Di Grassi é 3º

Como já se tornou uma tradição na pista de Puerto Madero que encerrou suas atividades com a F-E - ao menos por enquanto - neste sábado (18), o eP de Buenos Aires foi muito movimentado. Na frente, Sébastien Buemi demorou seis voltas para pular do terceiro para o primeiro posto e controlar a corrida. Mas atrás dele, muita coisa aconteceu. Jea-Éric Vergne e Lucas Di Grassi foram o top-3, com Nicolas Prost e Nelsinho Piquet formando o top-5

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Pela primeira vez nas três edições do eP de Buenos Aires em Puerto Madero, neste sábado (18), não teve muita emoção na disputa pela vitória. Com seis voltas, Sébastien Buemi já havia tomado a ponta e jamais foi ameaçado. Não quer dizer que a corrida não foi divertida. Trocas de posições aos montes movimentaram a disputa pelo pódio. No fim das contas, Jean-Éric Vergne se agarrou à segunda colocação, enquanto Lucas Di Grassi fez valer o Fan Boost para terminar com o terceiro posto.

No começo da corrida, ficou evidente que Di Grassi não seguraria os carros empurrados por motores Renault. Foi rapidamente que Vergne o passou, depois Buemi. Menos claro era o fato de que o suíço atacaria vergne com tanta facilidade. Em seis voltas, após largar em terceiro e enfrentar uma bandeira amarela de pista inteira – culpa da Jaguar de Adam Carroll que ficou parada na largada -, o líder do campeonato já tinha assumido o controle da corrida. 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Três corridas, três vitórias: Sébastien Buemi segue soberano na temporada 2016/17 da F-E (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Enquanto Buemi abria, a briga aumentava. Não pelo segundo lugar, verdade seja dita, porque Vergne se manteve bem. Mas o último lugar do pódio ficou concorrido. Oliver Turvey passou Di Grassi, depois Nicolas Prost apareceu por lá. Após o pit-stop, Piquet parecia em ritmo forte para brigar. Mas foi Lucas quem se vale de um FanBoost para manobrar para cima de Prost e recuperar o terceiro lugar. Um pódio que chegou a parecer improvável. 
 
Prost foi mesmo o quarto, seguido por Piquet. Corrida forte dele, com o ritmo oferecido pela NextEV China. Turvey ficou para trás na troca de carros e foi o nono colocado, atrás de Daniel Abt, Jérôme D'Ambrosio. José María López completou o top-10. 

Com o resultado, Buemi disparou na liderança do campeonato e agora soma 75 pontos, com 100% de aproveitamento, ficando 29 pontos à frente de Di Grassi. Contudo, a direção de prova ainda precisa confirmar o resultado do brasileiro após a investigação em razão da saída dos boxes à frente de Nelsinho Piquet.

A quarta etapa da temporada 2016/17 da F-E acontece no Autódromo Hermanos Rodríguez, na Cidade do México, em 1º de abril.

Confira como foi a corrida:

A chuva realmente jamais chegou, mas o calor se tornou desértico em Buenos Aires. Neste clima é que a largada aconteceu, e que ficou claro em instantes que seria uma corrida movimentada. Logo na partida, Adam Carroll ficou parado no grid, o que obrigou a direção de prova a parar com bandeira amarela de toda a pista. Logo o carro da Jaguar voltou a funcionar.
 
A corrida voltou após uma volta, mas já em ritmo de festa. Pelo oitavo lugar, o outro piloto da Jaguar, Mitch Evans, mergulhou loucamente para tentar deixar Jérôme D'Ambrosio para trás. E funcionou, logo depois um toque na traseira. Na frente, Jean-Éric Vergne claramente não estava para brincadeira. Nada demorou para que impusesse seu motor Renault em cima de Di Grassi e tomasse a ponta. 
Sébastien Buemi bem que tentou, mas não passou do terceiro lugar (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Sébastien Buemi, por sua vez, viu de perto e teve a certeza de que tinha um ritmo muito mais contundente que a Audi ABT de Lucas. Sem grandes dramas, passou também. E atrás, a bordo da outra Renault, Nicolas Prost ultrapassou Nelsinho Piquet para o quinto posto em largo domínio dos motores franceses.
 
Já na sexta volta, logo após passar Di Grassi, Buemi chegou facilmente a Vergne e atacou. Não teve maneira de evitar a ultrapassagem – e Buemi, como num piscar de olhos, estava de volta à posição que todo mundo sabe que ele passará em algum momento para bater ponto. 
 
Neste momento, a informação de que Di Grassi, Buemi e Daniel Abt haviam ganho o FanBoost. Mais uma frustração para José María López, que era contado como um dos favoritos a ser agraciado. 
 
A bandeira amarela de pista toda começou a se tornar protagonista depois de ter saído de cena. Carroll, Nick Heidfeld e Evans passaram a ser investigados por terem acelerado mais que deveriam.
 
A corrida era de um desastre impressionante para Di Grassi. Ele ficou para trás para Oliver Turvey, a quem ainda tentou atacar, mas depois caiu também para um claramente mais rápido Prost. Em outra das manobras ousadas de meio do pelotão, Loïc Duval passou Stéphane Sarrazin para assumir o décimo lugar. Ei, um ponto!
Di Grassi enfrentou severa queda de rendimento no começo da prova, mas se recuperou (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Problemas para Sam Bird, que abandonou a corrida. Algo que Maro Engel fez também na sequência. Se a Virgin DS esperava a corrida do ano com Bird, que já venceu em Puerto Madero, e López, um ídolo local, a decepção estava enorme. Pechito, embora na corrida, era o 14º colocado.
 
Após 16 voltas, embora Buemi estivesse abrindo, entre o segundo e o sexto colocados, Vergne e Piquet, todo mundo relativamente perto e podendo atacar por uma posição do pódio. E então era a hora das trocas de carro.
 
Turvey foi na frente, ainda na volta 18, enquanto quase todos os outros esperaram o giro 19. E quando saíram, o drama real foi entre Piquet e Di Grassi, como não poderia deixar de ser. Nelsinho já havia sido liberado e passava pelos boxes da Audi ABT quando Lucas foi liberado. Piquet quase tocou o compatriota e arquirrival – e não gostou do que aconteceu.
No final das contas, quem se deu mal foi Turvey, que de terceiro foi parar em sexto. E Prost foi fazendo o serviço para subir ao terceiro lugar, à frente de Di Grassi e Piquet. Já Felix Rosenqvist, que havia ficado com a ponta momentaneamente ao demorar uma volta a mais a ir aos boxes, se viu em apuros. O segundo carro não ligou, o que o tirou do sétimo posto antes das parada para o 17º lugar e fora da briga com uma volta de atraso.
 
Quem também teve problemas foi Carroll, assim como Rosenqvist amargando uma volta de atraso. Corrida desagradável para o inglês da Jaguar.
 
Di Grassi ganhou uma nova vida na corrida com o segundo carro, dotado do FanBoost. Na volta 24, o piloto da Audi ABT usou para mergulhar em cima de Prost e conseguiu retomar a terceira colocação. Incrível o apego de Lucas com o pódio.
 
Faltando dez voltas para o final, Buemi, Vergne e Di Grassi estavam indo ao pódio, com Prost, Piquet, Turvey, Duval, D'Ambrosio, Evans e Abt fechando o top-10. Evans, aliás, tomou o troco do piloto belga da Dragon após a passada atabalhoada do começo da corrida. 

F-E, eP de Buenos Aires, Puerto Madero, resultado final:

1 SÉBASTIEN BUEMI SUI E.DAMS 37 voltas  
2 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA TECHEETAH +2.996  
3 LUCAS DI GRASSI BRA AUDI ABT +6.921  
4 NICOLAS PROST FRA E.DAMS +8.065  
5 NELSINHO PIQUET BRA CHINA +9.770  
6 LOÏC DUVAL FRA DRAGON +35.103  
7 DANIEL ABT ALE AUDI ABT +35.801  
8 JÉRÔME D'AMBROSIO BEL DRAGON +36.335  
9 OLIVER TURVEY ING CHINA +37.111  
10 JOSÉ MARÍA LÓPEZ ARG VIRGIN +38.206  
11 ANTÓNIO FÉLIX DA COSTA POR ANDRETTI +43.470  
12 STÉPHANE SARRAZIN FRA VENTURI +44.243  
13 MITCH EVANS NZL JAGUAR +44.918  
14 ROBIN FRIJNS HOL ANDRETTI +49.683  
15 NICK HEIDFELD ALE MAHINDRA +51.456  
16 MA QING HUA CHN TECHEETAH +1 volta  
17 ADAM CARROLL IRN JAGUAR +1 volta  
18 FELIX ROSENQVIST SUE MAHINDRA +3 voltas NC
19 MARO ENGEL ALE VENTURI +11 voltas NC
20 SAM BIRD ING VIRGIN +17 voltas NC
PADDOCK GP #65 RECEBE PIPO DERANI E FAZ PRÉVIA DO eP DA ARGENTINA DE F-E

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube