Burocracia impede corrida em Lugano, mas chefe da F-E garante que Suíça vai estar no calendário no futuro

Um processo burocrático demorada acabou tirando de Lugano as chances de sediar a primeira corrida na Suíça em mais de seis décadas - ao menos por enquanto. O diretor-geral da F-E, Alejandro Agag, garantiu que a Suíça vai ter seu eP logo mais

A Suíça ainda não está fora do páreo para receber uma prova no futuro, mas o eP de Lugano que estava em vias de ser finalizado para 7 de maio de 2016 – ainda nesta temporada – passou a ser carta fora do baralho. Quem confirmou foi o diretor-geral da FEH, Alejandro Agag.
 
A corrida suíça era vista como um cobertor para a temporada da F-E, especialmente após a corrida na alemã no aeroporto desativado de Tempelhof ficar a perigo por conta do uso do local para fins humanitários. Só que o processo em Lugano caiu por terra. Segundo Agag, um caso de burocracia atrapalhou.
A pista projetada para Lugano (Foto: Reprodução)
"Houve uma comunicação oficial. Precisávamos trabalhar muito nas ruas, então isso significou que tínhamos de passar por uma consulta pública. Retardou o processo e não conseguimos cumprir com o deadline. Foi um processo burocrático", disse à revista inglesa 'Autosport'.
 
Para a sequência, no entanto, embora Agag diga não saber o que os organizadores da prova em Lugano farão, a cidade de Zurique já está pleiteando uma corrida. E garantiu: a F-E vai correr na Suíça.
 
"Realmente queremos correr na Suíça e agora temos mais tempo. Vamos conseguir. Estou convencido que vamos – o conselho mudou a lei para a F-E poder correr. Isso é enorme", encerrou.
 
Caso de fato aconteça na terceira temporada da categoria ou adiante, será o primeiro evento de automobilismo no país desde 1954. O esporte foi proibido na Suíça após o grande desastre das 24 Horas de Le Mans de 1955.
 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

E se os carros de F1 forem como este que a McLaren desenhou?http://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias/video-mclaren-apresenta-visao-de-f1-do-futuro-com-revolucionario-modelo-conceitual-mp4-x

Posted by Grande Prêmio on Quinta, 3 de dezembro de 2015

PADDOCK GP EDIÇÃO #9: ASSISTA JÁ

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube