Chefe diz que Mahindra “gostaria definitivamente” que Senna fosse mais consistente na primeira temporada da F-E

O chefe da Mahindra, Dilbagh, afirmou que a equipe gostaria que Bruno Senna tivesse sido mais consistente - e não vivesse de momentos de brilhantismo - na temporada inicial da F-E. De qualquer forma, quem não deve ficar na equipe é Karun Chandhok

A Mahindra está passando por um momento de profundas modificações, talvez mais que qualquer outra equipe, visando a segunda temporada da F-E. E embora o chefe da equipe, Dilbagh Gill, já tenha elogiado Bruno Senna dando a crer que o brasileiro fica para na equipe indiana, ele afirmou que esperava ver mais consistência no ano inicial.
 
Segundo Gill, ambos viveram bons momentos na temporada – a seus respectivos jeitos. De Bruno, esperava maior regularidade.
 
"Tanto Karun quanto Bruno tiveram performances admiráveis em suas próprias formas. Karun foi bem nas primeiras corridas, enquanto Bruno mostrou momentos de brilhos durante a temporada. Do ponto de vista do time, gostaríamos definitivamente que Bruno fosse mais consistente", falou.
Bruno Senna (Foto: AP)
Chandhok, por sua vez, não deve permanecer na equipe. O piloto falou que os caminhos que ele e a equipe imaginam para o futuro são diferentes, e ele vai se concentrar em outros projetos.
 
"Está parecendo altamente improvável [seguir com a Marussia]. Obviamente, a primeira temporada foi uma decepção para nós depois de um bom começo. Nós parecemos ter pensamentos diferentes quanto ao que a equipe precisa para melhorar para a segunda temporada", afirmou Karun.
 
"No fim das contas, Dilbagh Gill decidiu que quer experimentar algumas mudanças com o time no geral, e do meu lado, vou me afastar e passar os próximos meses focando em minhas opções no endurance e alguns novos projetos", contou.
 
Na coletiva de imprensa onde confirmou a Campos como nova parceira técnica e de engenharia da Mahindra, Gill não falou sobre quem pode assumir a vaga de Chandhok, mas sabe-se que António Félix da Costa, Giedo van der Garde, Giorgio Pantano e Adam Carroll testaram pela Mahindra na Espanha em julho. Senna também já testou o M2Electro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube