Com nova vitória e dissabor dos rivais, Da Costa dispara. Confira classificação

A diferença entre o português e a segunda colocação, dividida por Di Grassi e Vandoorne, é de 68 pontos

Pensar em conter António Félix da Costa é tarefa quase impossível neste momento. Após mais uma vitória totalmente dominante em Berlim nesta quinta-feira (6), a segunda em dois dias – terceira seguida na temporada -, o português segue empilhando pontos. A vantagem fica menor porque os rivais que se imaginava incomodando tiveram um dia de pesadelo.

Da Costa chegou a 125 pontos na tabela de classificação após mais uma pole e vitória – desta vez, contudo, a melhor volta da corrida ficou com um dos empatados na segunda colocação do campeonato. Stoffel Vandoorne terminou em quinto, mas com o ponto extra e grudou nos 57 tentos, mesma pontuação de Lucas Di Grassi, terceiro colocado em Berlim 2.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA DA FÓRMULA E APÓS O EP DE BERLIM 2

Daí para trás, cabe a discussão dos nomes que saem mais decepcionados pelo que viram nestes dois primeiros dias da maratona. Mitch Evans e Max Günther, antes colados, não marcaram pontos em Berlim até agora e ficaram, respectivamente, com 56 e 44. Alexander Sims até marcou pontos na quarta-feira, mas ficou longe neste segundo dia: só tem 48.

Sam Bird e Sébastien Buemi estão empatados com 52, enquanto André Lotterer anotou 45. O top-10 é encerrado com os 36 de Oliver Rowland. Felipe Massa segue com apenas dois tentos.

Entre as Equipes, a DS Techeetah tem 157 pontos contra 92 da BMW, segunda colocada, e 88 da Nissan, que passou a Mercedes (87), no terceiro lugar. A NIO é a única esquadra ainda zerada.

A Fórmula E volta no sábado, na mesma pista, mas em traçado um pouco diferente.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube