Com nova vitória e dissabor dos rivais, Da Costa dispara. Confira classificação

A diferença entre o português e a segunda colocação, dividida por Di Grassi e Vandoorne, é de 68 pontos

Pensar em conter António Félix da Costa é tarefa quase impossível neste momento. Após mais uma vitória totalmente dominante em Berlim nesta quinta-feira (6), a segunda em dois dias – terceira seguida na temporada -, o português segue empilhando pontos. A vantagem fica menor porque os rivais que se imaginava incomodando tiveram um dia de pesadelo.

Da Costa chegou a 125 pontos na tabela de classificação após mais uma pole e vitória – desta vez, contudo, a melhor volta da corrida ficou com um dos empatados na segunda colocação do campeonato. Stoffel Vandoorne terminou em quinto, mas com o ponto extra e grudou nos 57 tentos, mesma pontuação de Lucas Di Grassi, terceiro colocado em Berlim 2.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA DA FÓRMULA E APÓS O EP DE BERLIM 2

Relacionadas


Daí para trás, cabe a discussão dos nomes que saem mais decepcionados pelo que viram nestes dois primeiros dias da maratona. Mitch Evans e Max Günther, antes colados, não marcaram pontos em Berlim até agora e ficaram, respectivamente, com 56 e 44. Alexander Sims até marcou pontos na quarta-feira, mas ficou longe neste segundo dia: só tem 48.

Sam Bird e Sébastien Buemi estão empatados com 52, enquanto André Lotterer anotou 45. O top-10 é encerrado com os 36 de Oliver Rowland. Felipe Massa segue com apenas dois tentos.

Entre as Equipes, a DS Techeetah tem 157 pontos contra 92 da BMW, segunda colocada, e 88 da Nissan, que passou a Mercedes (87), no terceiro lugar. A NIO é a única esquadra ainda zerada.

A Fórmula E volta no sábado, na mesma pista, mas em traçado um pouco diferente.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Formula E direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.