Com segundo lugar e desclassificação de Buemi, Di Grassi diminui distância para 22 pontos. Confira a classificação

Graças ao bom resultado no primeiro eP de Berlim, Lucas Di Grassi diminuiu a distância para o líder Sébastien Buemi: 22 pontos separam os dois pilotos. A ausência de Buemi em Nova York ganha ainda mais peso para a decisão do título da temporada 2016/17 do campeonato de monopostos elétricos

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Na disputa pelo título da F-E, os principais concorrentes têm alternado dias no céu e outros no inferno. O primeiro eP de Berlim, disputado nesse sábado (10), fez muito bem às pretensões de Lucas Di Grassi. O brasileiro, que largou na pole-position, cruzou a linha de chegada na Alemanha na segunda colocação. O bom resultado é bem-vindo após o desastroso eP de Paris, de onde Di Grassi saiu sem pontuar. Com o resultado de hoje, Lucas acumula 110 tentos e fica a apenas 22 do líder Sébastien Buemi.

Ao contrário de Di Grassi, Buemi provavelmente quer esquecer o dia de hoje. Vindo de duas vitórias seguidas, o suíço sofreu com uma péssima classificação, saiu em 14º e até conseguiu cavar um quinto lugar, mas acabou sendo desclassificado devido à pressão dos pneus de seus carros, que estavam abaixo do permitido. Sébastien manteve, assim, 132 pontos no total do campeonato.

Lucas Di Grassi tem motivos para sorrir (Foto: Audi Sport)

Dessa vez, portanto, é Buemi que sai com as mão abanando – e com uma liderança muito menos confortável do que se esperava. A combinação dos problemas do piloto da Renault e.dams com o sucesso de Di Grassi fez com que a distância entre os dois caísse de 43 pontos para os atuais 22.

Que a disputa do título está entre os dois, não há dúvidas. Nicolas Prost, terceiro colocado geral, está a léguas de distância, com apenas 66 pontos anotados. No entanto, o que se desenhava como um caminho tranquilo para Buemi se complica.

Pesa contra o bicampeonato do suíço sua ausência já confirmada na rodada dupla em Nova York, devido a compromissos com o WEC. A etapa norte-americana oferece 58 pontos que podem mudar o cenário do campeonato. Com o líder temporariamente fora do jogo, pode ser a chance de Di Grassi se aproximar ainda mais e jogar a decisão do título para a última etapa, em Montreal. Para Buemi, resta a necessidade de bons resultados no segundo eP de Berlim, que será disputado neste domingo (11), e na rodada dupla canadense.

F-E, Classificação:
1 SÉBASTIEN BUEMI SUI RENAULT 2 5 132
2 LUCAS DI GRASSI BRA AUDI ABT 1 1 110
3 NICOLAS PROST FRA RENAULT 66
4 FELIX ROSENQVIST SUE MAHINDRA 1 65
5 NICK HEIDFELD ALE MAHINDRA 62
6 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA TECHEETAH 44
7 JOSÉ MARÍA LÓPEZ ARG VIRGIN DS 41
8 SAM BIRD ING VIRGIN DS 40
9 DANIEL ABT ALE AUDI ABT 34
10 NELSINHO PIQUET BRA NEXTEV 1 33
11 ROBIN FRIJNS HOL ANDRETTI 16
12 MITCH EVANS NVZ JAGUAR 16
13 OLIVER TURVEY ING NEXTEV 1 16
14 MARO ENGEL ALE VENTURI 14
15 ANTONIO FÉLIX DA COSTA POR ANDRETTI 10
16 JÉRÔME D'AMBROSIO BEL DRAGON 10
17 LOÏC DUVAL FRA DRAGON 9
18 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX TECHEETAH 5
19 ADAM CARROLL NIR JAGUAR 4
20 TOM DILLMANN FRA VENTURI 4
21 STÉPHANE SARRAZIN FRA VENTURI 2
22 MIKE CONWAY ING DRAGON 0
23 MA QING HUA CHI TECHEETAH 0

A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube