FE

D'Ambrosio bate em Frinjs e Abt, causa acidente e força engarrafamento no começo do eP de Berna

O eP de Berna começou de maneira bizarra neste sábado (22): Jérôme D'Ambrosio acertou o carro de Robin Frijns logo na largada e, em seguida, o de Daniel Abt; a partir daí, um engarrafamento na primeira chicane da reta principal impediu diversos carros de seguirem correndo, enquanto outros continuaram. Três pilotos abandonaram e a FE decidiu retornar o grid inicial na relargada

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
O começo do eP de Berna foi, no mínimo, bizarro: um engarrafamento foi formado ainda na volta inicial, ao final da reta principal, em acidente na curva da primeira chicane. A prova foi paralisada e a organização da Fórmula E, sob protestos, informou que os pilotos teriam que retornar à mesma posição de início no grid para a relargada.

A situação foi confusa: primeiramente, Jérôme D'Ambrosio acertou Robin Frijns, que rodou; em seguida, o belga bateu em Daniel Abt, que não conseguiu contornar a chicane; a partir deste instante, com o traçado bloqueado, diversos pilotos ficaram engarrafados, forçando bandeira vermelha.

O problema: outros conseguiram contornar a chicane por fora, incluindo Lucas di Grassi, que havia largado em 19° e, com isso, havia conseguido avançar diversas posições - lembrando que o brasileiro briga pelo título. Mesmo assim, a organização decidiu que a volta estava invalidada.
O engarrafamento (Foto: Reprodução/Twitter)
Pior para quem havia escapado do acidente e também para Frijns, que não conseguiu recuperar seu carro na parada de mais de 30 minutos entre o acidente e o reposicionamento no grid.

Di Grassi e Felipe Massa foram flagrados pelas câmeras em forte discussão com os comissários, alegando que diversos pilotos haviam completado a primeira volta e que, por isso, não deveria ser formado novamente o grid inicial na relargada. Mesmo assim, a FE optou por colocar o safety-car na pista e recomeçar com os pilotos posicionados atrás dele.

Assista ao acidente:
Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?



Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.