Di Grassi parabeniza equipe rival e.dams e diz que “melhor que podia esperar em condições normais era ser terceiro”

Lucas Di Grassi ficou surpreso em conseguir ir melhor que o terceiro lugar na abertura da temporada da F-E, o eP de Pequim deste sábado (24). Ele parece saber que essa provavelmente será a tônica da temporada, o que só aumenta a validade do resultado na capital chinesa

O eP de Pequim deste sábado (24) acabou sendo melhor para Lucas Di Grassi do que o piloto da Audi ABT esperava. Saindo do quarto lugar, Di Grassi talvez esperasse as duas e.dams sumirem do radar. Mas Nicolas Prost ficou para trás de Nick Heidfeld e cometeu um erro, deixando Lucas passar. Nos boxes, ganhou a posição do alemão e nunca mais perdeu.
 
É verdade que Prost chegou a pressionar antes de tocar o muro e ter que deixar a corrida, mas fora isso o segundo posto foi todo de Di Grassi – que não se incomoda com o fato de ter ficado longe de Sébastien Buemi, porque de qualquer forma foi melhor que a encomenda. 
Lucas Di Grassi foi o segundo colocado na corrida deste sábado em Pequim (Foto: Audi)
"Primeiro, parabéns para a e.dams – eles claramente fizeram um trabalho fantástico. Pensamos que o melhor que podíamos esperar hoje em condições normais era o terceiro lugar – conseguimos nos esgueirar para segundo, o que é bom para os mecânicos, patrocinadores e todo o time. Vamos celebrar esse pódio e então voltaremos e trabalharemos duro para melhorar", disse.
 
Di Grassi fica com o segundo lugar do campeonato, claro, e pensando em ver se diminui a diferença para as e.dams na próxima prova, em 14 de novembro, em Putrajaya.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube