DiCaprio assume presidência de comitê da F-E e avisa: “Talvez vocês me vejam em um carro logo”

Leonardo DiCaprio vai assumir um papel maior na F-E. Ativista de questões ambientais há anos, o ator vai ser o presidente do Comitê de Sustentabilidade da F-E - e pensa em guiar um dos monopostos

A primeira coisa que pensamos ao ver ou ouvir sobre Leonardo DiCaprio é sobre cinema, talvez, ou premiações. Atuações marcantes e filmes históricos de um ator que rapidamente se tornou um grande nome em Hollywood. Ao mesmo tempo, sabe-se, DiCaprio é um grande ativista de causas ambientais. Por isso ele se envolveu na F-E.
 
DiCaprio se tornou um dos donos da Venturi e até deu as caras numa das corridas da temporada, em Long Beach, mais perto de sua casa. Seu envolvimento, porém, vai aumentar  a partir de agora. O ator vencedor de dois Globos de Ouro vai ser o presidente do recém-criado Comitê de Sustentabilidade da F-E.
 
O comitê descreve a mobilidade urbana e uso em massa de veículos elétricos como os objetivos imediatos do projeto, enquanto infraestrutura e educação em termos de aplicação nas cidades grandes também serão abordados. 
 
Agora presidindo um comitê relevante, DiCaprio estará no olho do furacão de um projeto que abraça há muito tempo com sua fundação, criada ainda em 1999. Ele mesmo usa carros elétricos e mostrou gostar bastante deles em entrevista ao site da F-E. Na realidade, ele pensa até em acelerar o monoposto.
DiCaprio assistiu a corrida em Long Beach (Foto: F-E)
"A primeira vez que o público soube sobre minhas credenciais verdes foi quando eu cheguei ao Oscar num Toyota Prius elétrico. Sou normalmente fotografado saindo de casa, então pensei que seria uma forma criativa de mostrar meu comprometimento. Acredito que seja importante aprovar novas tecnologias que estão tentando fazer a diferença. O futuro do nosso planeta depende da nossa habilidade de abraçar soluções tipo eficiente em combustível e veículos de energia limpa", disse.
 
"A melhor coisa em relação aos carros elétricos é o som – a forma como você guia e a tranquilidade. Eles também são rápidos, fáceis de usar e muito legais. É só plugar na tomada todas as noites como se você um telefone celular. Eu adoraria dar uma volta num carro da F-E. Talvez vocês me vejam num carro da F-E logo!", afirmou.
 
Sobre o impacto que o comitê terá, o protagonista de 'Titanic' e 'O Aviador' não exita em dizer que se trata de uma questão moral. Afinal, para ele, trata-se do futuro.
 
"As mudanças climáticas são uma questão fundamental moralmente e nos negócios. O comitê, unindo o top-10 de companhias mais importantes de mobilidade e inovação na questão da sustentabilidade, manda uma mensagem clara de que estamos na linha de frente para ajudar a solucionar a crise climática. A F-E dá a essas companhias uma voz global coletiva e forte", avaliou.
 
"A sustentabilidade é o futuro. Eu aplaudo companhias como a F-E por lançar uma competição global de carros elétricos. E também a Apple, que opera com 100% de elementos renováveis nos Estados Unidos, assim como a Berkshire Hathaway Energy, do Warren Buffet, que está se livrando do carvão em favor das fontes renováveis de energia", elogiou.
 
DiCaprio falou de quando conheceu a F-E e decidiu se envolver. Segundo ele, é uma questão importante para as cidades grandes, que chamou de "bomba-relógio". 
 
"Eu ouvi da F-E pela primeira vez em Nova York quando era apenas uma ideia. Desde então, apoiei esse campeonato e me impressionei com a distância que chegamos nestes primeiros anos. Algumas pessoas acreditavam que a F-E iria falhar, e acho que foi feito um trabalho incrível para provar que esses críticos estavam errados. A F-E pode ser poderosa em mudar a percepção de carros elétricos", afirmou.
 
"Me chamou a atenção também que a categoria só correr em centros. Estou preocupado com as cidades. Elas representam uma bomba-relógio ambiental. Em 20 anos, 80% da população mundial vai viver em cidades, e isso significa uma demanda crescente de recursos naturais já em falta – mais do que o planeta consegue administrar", falou.
 
"Cidades do futuro precisam ser espertas e sustentáveis. A tecnologia será chave. Uma das formas mais importantes de reduzir a poluição nas cidades é investindo em soluções inteligentes de mobilidade. É onde carros elétricos entram, porque quanto mais deles nas ruas, melhor a qualidade do ar vai estar para beneficiar as pessoas e o planeta", analisou.
 
"Sonho nessas cidades, onde pessoas e transportes estão interconectados e usando a sustentabilidade com inteligência, assim como recursos naturais à disposição, como energia solar. Esse é o futuro pelo qual vale lutar. Projetos como a F-E vão ajudar a tornar isso realidade", sublinhou.
 
Além de DiCaprio e do diretor-geral da F-E, Alejandro Agag, o comitê tem mais oito membros. São os diretores-executivos das oito companhias parceiras e acionistas da F-E, Liberty, Julius Bär, DHL, Qualcomm, Visa Europa, Michelin, TAG Heuer e a Formula E Holdings.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube