Diretor da Audi admite cooperação com Porsche na FE, mas destaca que “ainda é uma competição”

O diretor-esportivo da Audi, Dieter Gass, pediu que uma conversa entre com a Porsche aconteça no futuro próximo para detalhar a forma como as duas companhias, ambas braços do Grupo Volkswagen, podem colaborar

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

É sabido que a Porsche vai ingressar na Fórmula E a partir da temporada 2019/20, assim como todo mundo sabe que a Audi passou a ter uma equipe de fábrica na atual jornada. Como Audi e Porsche são braços do Grupo Volkswagen, há uma dúvida sobre se, de que forma e a partir de quando ambas irão cooperar.

 
De acordo com o diretor-esportivo da Audi, Dieter Gass, a conversa entre ambas as partes ainda não aconteceu, mas o ideal é que seja realizada no futuro próximo.
 
"É melhor conversar logo para todo mundo saber o que fazer – eu não ficaria muito relaxado". Gass destacou que as duas fábricas "precisam concluir como vão trabalhar juntas num campeonato".
 
Embora não mostre muita animação na ideia de uma ampla colaboração, Gass admite em certas áreas que não revelem segredos das equipes e muito dinheiro possa ser poupado, seria bom determinar um plano de colaboração.
 
"É importante pelo menos traçar algumas regras. Você pode poupar muito dinheiro se tiver algumas áreas de cooperação, mas as duas marcas estão nessa para mostrar seu nível de competência tecnológica e vencer corridas. Ninguém quer usar exatamente o mesmo carro, você ainda quer competição, mas acredito que seja válido ter uma conversa e concordar em como proceder", seguiu em entrevista ao site norte-americano 'Motorsport.com'.
A Audi estreou na Fórmula E como equipe de fábrica no fim de semana passado (Foto: Audi)
"Você precisa começar a discutir, algo que até agora não aconteceu, e então precisa ver as coisas que fazem em comum. A simulação é um bom exemplo, porque você pode pagar os mapas das pistas uma vez só e usar com ambos os times. Não é entregar nada de bandeja, mas poupar dinheiro", comentou.
 
Algo que Gass de fato não quer é que membros da Porsche fiquem de observadores na garagem da Audi durante a temporada atual. "Isso é sempre difícil. Se você está conduzindo uma operação, ter alguém lá dentro não ajuda muito a eles e se torna um obstáculo na nossa parte", encerrou.
FALTA DE HONESTIDADE

PERDA DE ETAPA DA FÓRMULA E É DESASTROSA PARA SÃO PAULO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube