FE

Diretor da Fórmula E garante busca contínua por melhorar corridas e elogia “abertura” com acionistas

Scot Elkins, diretor de corridas permanente designado pela FIA à Fórmula E desde a temporada 2017/18, avaliou que o trabalho para melhorar as corridas da categoria - desde formato, até os carros e as decisões de comissários - é contínuo e tem portas abertas para discutir com os promotores

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
O formato de corridas da Fórmula E para esta atual quinta temporada causa discordâncias grandes quanto aos que gostam e os que não gostaram tanto, mas tanto ele quanto os carros e as decisões dos comissários são algo de total escrutínio durante toda a temporada. A garantia do diretor de corridas, Scot Elkins, é que há uma observação contínua do que pode ser melhorado para os próximos anos.
 
De acordo com Elkins, a avaliação pós-temporada da Fórmula E segue o modelo das outras grandes categorias, mas que há uma boa diferença que põe a FE em vantagem: a abertura dos acionistas para conversar com a FIA e os diferentes grupos de trabalho formado em conjunto com as equipes.
 
"Acredito que todas as categorias fazem a mesma coisa: sentam e revisam como a temporada foi, quais mudanças podem ser feitas e quais não são necessárias. O mesmo acontece aqui", disse ao site inglês 'E-Racing365'.
Largada do eP de Roma (Foto: FE)
"Há vários grupos de trabalho que atuam com a FIA e com a FE, e acho que todos ouvimos o Grupo de Trabalho Esportivo e o Grupo de Trabalho Técnico, esses assim. Todos esses grupos estão avaliando as áreas [do campeonato] nesse momento para ver o que faz sentido", pontuou.
 
"A única coisa que a Fórmula E faz diferente, eu acho, é que há uma enorme abertura no lado do promotor. Estão mais dispostos a olhar para várias coisas diferentes do que nas categorias mais tradicionais do esporte a motor", avaliou.
 
Elkins, que é o diretor de corridas permanente designado pela FIA desde o campeonato passado, confirmou que os trabalhos visando as regras da temporada 2019/20 já estão a pleno vapor. 
 
"Para mim é um bônus real entrar nesses assuntos ao fim de cada temporada, porque tem todas essas etapas seguidas agora, mas já estamos começando a trabalhar visando a sexta temporada. É bom que cada um tenha uma ideia diferente, coisas que eu não teria pensado de outra forma. Trazemos tudo para a discussão e é ao menos avaliado, enquanto em outros lugares seria descartado. É algo único sobre a FE", finalizou.
 
A temporada atual da FE segue nesse fim de semana. Veja os horários do eP de Berlim.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.