Em cerimônia da gala da FIA em Paris, Piquet recebe troféu de primeiro campeão da história da F-E

Nelsinho Piquet e a e.dams, devidamente representada por Alain Prost e Jean-Paul Driot, receberam os troféus pelos respectivos títulos de campeão de pilotos e equipes da primeira temporada da história da categoria dos carros elétricos. A cerimônia aconteceu na noite da última sexta-feira, em Paris

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Depois de 24 anos, desde quando Ayrton Senna conquistou o título mundial de F1 pela terceira vez em 1991, um brasileiro voltou a comemorar o triunfo em um campeonato promovido pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo). E o autor da façanha foi Nelsinho Piquet, que faturou o histórico primeiro título da F-E, a revolucionária categoria dos carros elétricos, ao triunfar na rodada dupla de Londres, em junho de 2015.
 
Nelsinho esteve entre os laureados da cerimônia de gala da FIA, que premiou os melhores pilotos do ano no automobilismo mundial. O brasileiro recebeu a premiação na noite da última sexta-feira (4), em Paris, ao lado de Alain Prost e Jean Paul-Driot, que representaram a e.dams, equipe que faturou o título entre as equipes na F-E na temporada inaugural 2014/2015.
Alain Prost, Jean-Paul Driot e Nelsinho Piquet recebem prêmio na cerimônia da FIA em Paris (Foto: Jean Michel Le Meur/DPPI/FIA)
A cerimônia teve lugar no teatro Lido, na capital francesa. Foi uma noite de muita festa e de premiação. Lewis Hamilton, por exemplo, recebeu pela terceira vez o troféu de campeão mundial de F1. Max Verstappen faturou três prêmios: Personalidade do Ano, Estreante do Ano e Ultrapassagem do Ano
 
Piquet chegou ao primeiro título na F-E competindo pela equipe China. O brasileiro empreendeu uma grande reação na temporada, venceu duas provas no campeonato e garantiu o título com um ponto de vantagem para Sébastien Buemi na épica corrida final, em Battersea, em Londres. Nelsinho foi destaque também ao longo da disputa ao travar grande rivalidade com o compatriota Lucas Di Grassi, que fechou 2014/2015 em terceiro lugar.
 
“A primeira corrida que nós vencemos, em Long Beach, abriu nossos olhos para o fato de que nós poderíamos vencer o campeonato. E a partir de lá, nós decolamos”, disse Nelsinho ao site da F-E durante a premiação em Paris.
 
Entre os laureados, destaque também para Sébastien Ogier e Julien Ingrassia, tricampeões mundiais de rali com a Volkswagen; Mark Webber, Brendon Hartley e Timo Bernhard, campeões mundiais de endurance com a Porsche, José María ‘Pechito’ López, que faturou pela segunda vez o título do Mundial de Carros de Turismo; Petter Solberg, campeão mundial de rallycross; e Nasser Al-Attiyah, campeão mundial de rali cross-country.
 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

E se os carros de F1 forem como este que a McLaren desenhou?http://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias/video-mclaren-apresenta-visao-de-f1-do-futuro-com-revolucionario-modelo-conceitual-mp4-x

Posted by Grande Prêmio on Quinta, 3 de dezembro de 2015

PADDOCK GP EDIÇÃO #9: ASSISTA JÁ

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube