F-E mantém data do eP de Montreal e espera por mudança no calendário do WEC para evitar conflito

O diretor-executivo da F-E, Alejandro Agag, não vai mudar as datas das últimas etapas do calendário da temporada 2016/17 da F-E por conta do conflito de datas com o WEC. Após o Mundial de Endurance quebrar um acordo de cavalheiros que tinha com a categoria dos monopostos elétricos, agora o Conselho Mundial de Automobilismo vai definir o que acontece

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Alejandro Agag já havia falado sobre o conflito de datas entre a F-E e o WEC para 2017 e como era nocivo. Também já tinha demonstrado que não era simpático com a ideia de mudar o calendário da F-E, visto que ele foi programado antes. Agora, o diretor-geral da F-E afirma que não tem como mudar a fase final do calendário da temporada 2016/17.

 
A informação é da revista inglesa 'Autosport'. De acordo com a publicação, Agag até chegou a conversar sobre uma possibilidade de mudar as datas com as cidades que encerram a temporada da categoria, mas não foi possível efetivar uma troca. 
 
A confusão tem como base o final de semana dos dias 15 e 16 de julho, quando a F-E disputa a rodada dupla em Montreal – e o WEC marcou as 6 Horas de Nürburgring. O eP canadense precisamente duas semanas depois do eP de Bruxelas e duas antes do eP de Nova York, que encerra a temporada. O tempo mínimo para fazer o transporte das equipes é exatamente duas semanas.
As duas Andretti indo para a pista (Foto: F-E)
O problema que originou o conflito, porém, que é o fator mais desconfortante da confusão. F-E e WEC tinham um acordo de cavalheiros para não colidir datas e haviam se consultado antes de soltarem seus calendários. O eP de Montreal estava previsto para os dias 15 e 16 de julho; as 6 Horas de Nürburgring, não. E foi modificada depois da conversas entre as duas séries, passando por cima do acordo.
 
Como as duas categorias compartilham de pilotos e fábricas que são ativos em ambas, um conflito entre as duas tem tudo para ser catastrófico – provavelmente mais para a F-E que para o WEC. 
 
A expectativa da F-E ainda é que a data da perna alemã do WEC seja modificada na próxima reunião do Conselho Mundial de Automobilismo, visto que o calendário do WEC ainda não foi ratificado pela FIA – o da F-E, sim.
 
PADDOCK GP #45 COMENTA FIM DE SEMANA COM F1, INDY, MOTOGP E WEC

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube