GP às 10: Entenda causa de fim de prova caótico da Fórmula E em Valência

Pista diferente, voltas demais, energia tirada dos carros… Uma série de fatores causou o fim de corrida bizarro da Fórmula E em Valência. Vitor Fazio explicou tudo no GP às 10

Sem bateria, Da Costa perde potência e liderança na abertura da última volta (Vídeo: Fórmula E)

A Fórmula E sempre teve o alto consumo de bateria como uma de suas dinâmicas principais, mas o que se viu na corrida 1 do fim de semana em Valência foi algo sem paralelos. Salvo três pilotos, ninguém tinha bateria suficiente para completar a última volta em velocidade normal de corrida. Como isso aconteceu? É isso que Vitor Fazio tenta responder no GP às 10 noturno deste domingo (25).

O jornalista explica a abordagem da FE de sempre tirar energia dos carros ao fim de períodos de safety-car, além de apontar que elementos como o traçado e a postura de António Félix da Costa foram decisivos para o fiasco elétrico.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube