Günther e Da Costa lideram treinos livres do eP de Berlim 5 em traçado modificado

Maximilian Günther liderou o TL1 de BMW e chegou a indicar que o novo traçado de Tempelhof traria dificuldades para a Techeetah. Isso até António Félix da Costa dar as cartas no TL2 da FE

A quarta-feira (12) voltou a ser de trabalho pesado da Fórmula E no Tempelhof. O dia do quinto eP de Berlim, agora utilizando versão modificada do traçado original, começou com dois treinos livres e dois resultados bem diferentes. Maximilian Günther foi o mais rápido no TL1, indicando uma possível reação da BMW, mas depois viu António Félix da Costa restabelecer o normal com uma liderança no TL2.

Os tempos do TL2 foram mais rápidos e melhor representativos do que esperar no treino classificatório. Da Costa anotou 1min15s653, superando Nyck de Vries por 0s034 no apagar das luzes. Sébastien Buemi terminou em terceiro, ainda menos de 0s1 mais lento que o português. O top-5 contou ainda com Lucas Di Grassi e Stoffel Vandoorne em quarto e quinto.

Antonio Félix da Costa segue em alta (Foto: Fórmula E)

Os outros brasileiros terminaram o TL2 com resultados mais tímidos, mas ainda melhores do que os vistos no TL1. Felipe Massa subiu para 15°, enquanto Sérgio Sette Câmara apareceu imediatamente atrás, em 16°.

As últimas duas corridas da Fórmula E acontecem já com campeão definido. Da Costa fez bom uso de uma Techeetah progressivamente mais dominante e levou o título até com certa facilidade. Depois da rodada dupla no traçado modificado do Tempelhof, chega ao fim uma maratona estranha da FE.

Saiba como foi o primeiro treino livre para o eP de Berlim 5:

As mudanças no traçado do Tempelhof foram experimentadas pela primeira vez na manhã de quarta-feira. E não é só a pista que mudou: o líder também é outro. Maximilian Günther foi o mais rápido com a BMW, isso enquanto a dupla da Techeetah brilhou menos.

A volta de Günther foi de 1min16s251, quase 10s mais lenta que a da pole na versão normal da pista. Quase não foi suficiente para liderar, já que Oliver Rowland foi apenas 0s009 mais lento com a Nissan. René Rast, Robin Frijns e António Félix da Costa fecharam o top-5, todos com tempos menos de 0s1 mais lentos que os do líder.

FIA FÓRMULA E; BERLIM; BMW; MAX GÜNTHER;
Maximilian Günther liderou o TL1 no novo traçado de Tempelhof (Foto: BMW)

Dentre os brasileiros, destaque para Lucas Di Grassi. O piloto da Audi foi o melhor dos três representantes do país, surgindo com o sexto melhor tempo. O traçado parece beneficiar a escuderia, que antes sofria para render em voltas rápidas e agora coloca dois carros no top-6. Felipe Massa caiu para 18°, enquanto Sérgio Sette Câmara sofreu e terminou com o 24° e último tempo.

FE 2019/20, eP de Berlim 5, Tempelhof, treino livre 1:

1M GÜNTHERBMW1:16.251
2O ROWLANDNissan1:16.260+0.009
3R RASTAudi1:16.315+0.064
4R FRIJNSVirgin Audi1:16.340+0.089
5A F DA COSTADS Techeetah1:16.341+0.090
6L DI GRASSIAudi1:16.364+0.113
7S BIRDVirgin Audi1:16.378+0.127
8S BUEMINissan1:16.386+0.135
9M EVANSJaguar1:16.400+0.149
10E MORTARAVenturi Mercedes1:16.467+0.216
11N DE VRIESMercedes1:16.530+0.279
12A LYNNMahindra1:16.658+0.407
13O TURVEYNIO1:16.705+0.454
14J E VERGNEDS Techeetah1:16.716+0.465
15S VANDOORNEMercedes1:16.805+0.554
16T BLOMQVISTJaguar1:16.817+0.566
17N JANIPorsche1:16.839+0.588
18F MASSAVenturi Mercedes1:16.908+0.657
19J D’AMBROSIOMahindra1:17.048+0.797
20N MÜLLERDragon Penske1:17.080+0.829
21A LOTTERERPorsche1:17.115+0.864
22D ABTNIO1:17.149+0.898
23A SIMSBMW1:17.191+0.940
24S SETTE CÂMARADragon Penske1:17.394+1.143

Saiba como foi o segundo treino livre para o eP de Berlim 5

A sessão, mais curta e com apenas 30 minutos disponíveis, começou com a maioria dos pilotos indo para a pista de imediato. Nyck de Vries virou o primeiro líder, anotando o tempo de 1min16s501. Ainda era uma marca alta, 0s250 acima do melhor tempo de Günther no TL1.

Jean-Éric Vergne, Neel Jani, Stoffel Vandoorne e Lucas Di Grassi fecharam o top-5 inicial. Vergne e Jani acompanhavam De Vries de perto, enquanto Vandoorne e Di Grassi sofriam um pouco mais com o ritmo inicial.

A situação na dianteira começou a mudar com 18 minutos restando no cronômetro. Günther voltou a mostrar força e, usando quase potência máxima, anotou 1min16s073. O tempo era 0s428 melhor que o de De Vries e parecia mais próximo do ritmo esperado na luta pela pole-position.

Na sequência, Sam Bird fez sua melhor volta, mas que ainda não era boa o suficiente. O britânico acabou em segundo, mas 0s285 pior que Günther. Quem fez uma tentativa melhor foi Edoardo Mortara: o piloto da Venturi realmente se aproximou do líder, sendo só 0s071 pior. Restavam menos de dez minutos para o fim da sessão e ficava claro o interesse em fazer voltas progressivamente melhores.

A consequência disso veio com três minutos para o fim, quando Vandoorne anotou 1min15s882 e tirou a liderança de Günther. Ainda não era definitivo: De Vries encaixou bela volta, conseguiu 1min15s687 e tomou a primeira posição.

Só que faltava o fim óbvio para a FE em tempos recentes: uma Techeetah em primeiro. Da Costa guardou a volta em ritmo de classificação para o último instante e, com 1min15s653, conseguiu o melhor tempo do dia até aqui.

FE 2019/20, eP de Berlim 5, Tempelhof, treino livre 2:

1A F DA COSTADS Techeetah1:15.653
2N DE VRIESMercedes1:15.687+0.034
3S BUEMINissan1:15.752+0.099
4L DI GRASSIAudi1:15.853+0.200
5S VANDOORNEMercedes1:15.882+0.229
6N MÜLLERDragon Penske1:15.899+0.246
7O ROWLANDNissan1:15.910+0.257
8A LYNNMahindra1:15.993+0.340
9M GÜNTHERBMW1:16.073+0.420
10N JANIPorsche1:16.133+0.480
11A LOTTERERPorsche1:16.136+0.483
12E MORTARAVenturi Mercedes1:16.144+0.491
13J E VERGNEDS Techeetah1:16.158+0.505
14J D’AMBROSIOMahindra1:16.163+0.510
15F MASSAVenturi Mercedes1:16.170+0.517
16S SETTE CÂMARADragon Penske1:16.191+0.538
17S BIRDVirgin Audi1:16.358+0.705
18R FRIJNSVirgin Audi1:16.402+0.749
19D ABTNIO1:16.420+0.767
20M EVANSJaguar1:16.486+0.833
21A SIMSBMW1:16.529+0.876
22O TURVEYNIO1:16.701+1.048
23R RASTAudi1:16.755+1.102
24T BLOMQVISTJaguar1:17.070+1.417

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube