Heidfeld avalia como difícil saída da Venturi, mas diz que trabalho feito pela Mahindra passa “boa impressão”

Nick Heidfeld saiu da Venturi após a temporada inicial da F-E, uma decisão que "não foi fácil" segundo ele, mas sem problema, porque o alemão crê no bom trabalho da Mahindra para a segunda jornada da categoria de bólidos elétricos

Nick Heidfeld quase venceu a primeira corrida da história da F-E, mas foi abalroado, tirado da prova e não teve o resto da temporada que parecia destinado a ter. Fora da Venturi e contratado pela Mahindra, agora o veterano piloto ex-F1 mostra confiança na nova temporada.
 
Segundo Heidfeld, sair da Venturi não foi uma escolha tranquila, mas ele tinha em mente algumas mudanças que, aparentemente, o time monegasco não fez. Lá, foi substituído pela campeão mundial de F1 em 1997, Jacques Villeneuve. 
 
"Não foi uma decisão fácil. Com a Venturi estávamos rápidos, mas algumas coisas eu gostaria de ver mudadas. Havia um bom plano, mas eu não estava convencido de que estava acontecendo rápido o bastante", disse ao site inglês 'Electricautosport.com'.
Nick Heidfeld está de equipe nova: a Mahindra (Foto: F-E)
Mas Nick está bastante confiante de que a Mahindra resolveu os graves problemas do primeiro ano. Ele será o parceiro de Bruno Senna e substituto de Karun Chandhok no time indiano.
 
"Eu acho que a Mahindra atingiu os problemas que enfrentaram e tenho uma boa impressão do que vem por aí do que ouvi e aprendi até agora. Espero que funcione. Confio no time, não fosse assim não teria vindo. De qualquer forma, no automobilismo você só tem certeza depois da primeira corrida", seguiu.
 
Após o primeiro dia de testes coletivos em Donington Park, nesta segunda-feira, mostrou satisfação com a confiabilidade do M2Electro, sabendo que ainda é cedo para comparação com outras equipes, já que algumas ainda estão com pacotes mesclados.
 
"Nós não tivemos tantas experiências com confiabilidade. Talvez quem esteja usando um pacote diferente tenha mais dificuldade, mas são apenas os primeiros dias de testes. Eu espero que não tenhamos mais problemas nos próximos dias", encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube