Insatisfeito com segundo lugar, Di Grassi espera ver Audi ABT mais perto da e.dams e lutando por vitória em Putrajaya

Lucas Di Grassi sabe que foi melhor que a encomenda com o segundo lugar conquistado em Pequim, não que isso o deixe muito satisfeito. Di Grassi espera se ver mais perto de Sébastien Buemi e Nicolas Prost na Malásia

Duas semanas depois de a temporada abrir em Pequim, Lucas Di Grassi vai a Putrajaya com expectativas de ficar mais próximo da e.dams. Na China, o piloto da Audi ABT foi sincero ao dizer que não esperava mais que o terceiro lugar. Foi segundo, o que acabou considerado um lucro. Então, para a prova malaia, a preparação foi exaustiva.
 
No entanto, Di Grassi ainda fala de briga por título. Mesmo sabendo o  quão atrás ainda está dos rivais franceses – e, no caso de Sébastien Buemi, suíço -, continua mirando alto. 
 
"Vai ser uma briga bem difícil para vencer este campeonato. Acho que até mais difícil que no ano passado, pelo fato de eles [e.dams] estarem na frente com o carro, mas vamos melhorar e tentar evoluir o máximo para que possamos lutar por vitórias já nesta corrida. Espero que exista uma redução desta diferença entre eles e nós já neste final de semana", disse.
Lucas Di Grassi comemorou (Foto: F-E)
Lucas reafirmou que não teria chances de vencer em condições normais, mas, como o interesse não é ser segundo ou terceiro, o time segue trabalhando com a rival em vista.
 
"Foi uma corrida com resultado bom, melhor possível, já que não conseguiríamos lutar pela vitória. Os carros da Renault estão muito rápidos, então para nós acabou sendo um ótimo resultado, começando com o pé direito. Pequim foi uma boa reestreia porque é sempre muito bom abrir a temporada com um pódio", seguiu. 
 
"Entretanto, não competimos na F-E para chegar em segundo. Por isso a preparação da equipe começou já na manhã seguinte à corrida na China. Sabemos exatamente onde temos que trabalhar para reduzir a diferença para o time de fábrica da Renault", falou.
 
Depois da primeira prova com os novos trens de força, a avaliação de Lucas é de que há uma grande diferença para o visto ano passado.
 
"A gente conseguiu estar até cinco segundos mais rápidos por volta em comparação à última temporada. É uma evolução muito grande", encerrou.
 
O eP de Putrajaya acontece neste sábado, 7 de novembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube