Di Grassi explica plano da Venturi que valeu vitória em “corrida estratégica” de Londres

Lucas Di Grassi venceu a primeira da temporada em Londres e explicou que Venturi planejava utilizar modo de ataque para acumular energia e suportar ataque de Jake Dennis no final

F1 2022 AO VIVO: VERSTAPPEN BRILHA, MERCEDES MOSTRA FORÇA E FERRARI IMPLODE NA HUNGRIA | Briefing

Lucas Di Grassi conquistou sua primeira vitória pela Venturi na penúltima etapa da temporada 2021/2022 da Fórmula E ao vencer o eP de Londres 2, disputado neste domingo (31). Não apenas foi o primeiro triunfo pela equipe, mas também o primeiro do brasileiro em Londres e a 13ª na Fórmula E, o que o torna recordista de primeiros lugares ao lado de Sébastien Buemi. E após subir ao topo do pódio pela primeira vez em 2022, Lucas agradeceu à equipe monegasca e ressaltou o prêmio após a punição que lhe tirou do mata-mata no sábado.

“Obrigado a todos por estarem aqui”, começou Di Grassi. “Parabéns a todos os meus competidores, parabéns ao Jake [Dennis], foi uma corrida muito estratégica em relação ao momento de utilizar o modo de ataque. Mas a equipe foi bem, e o carro estava incrível hoje. Depois do que aconteceu ontem [a punição], acho que merecíamos demais”, celebrou o brasileiro.

Lucas Di Grassi foi punido na classificação de sábado por supostamente atrapalhar a volta rápida de Mitch Evans e teve seus tempos da sessão eliminados, o que gerou a revolta do piloto brasileiro na garagem da Venturi. Com isso, ficou de fora das quartas de final — havia se classificado sem maiores problemas — e ainda precisou largar do fundo do pelotão.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Lucas Di Grassi empatou com Buemi como recordista de vitórias na Fórmula E: 13 para cada (Foto: Fórmula E)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Na corrida de hoje, Di Grassi explicou que a estratégia da Venturi passou pelo momento certo de utilizar o modo de ataque, expediente que já rendeu vitória a Edoardo Mortara este ano. No entanto, Lucas ainda não havia vencido em 2022 e já sabe que vai se despedir da equipe, que vai ter sua estrutura utilizada pela Maserati — o futuro do brasileiro deve ser na Mahindra em 2023.

“O modo de ataque também depende muito de como você usa a energia”, explicou Di Grassi. “Hoje, usamos o modo de ataque para criar a sobra ideal de energia, e quando chegou o momento certo, usamos essa energia para criar uma distância”, ressaltou.

Por fim, o vencedor deste domingo revelou que havia percebido certa dificuldade de Dennis em controlar a traseira do carro, o que lhe trouxe a possibilidade de vitória. Di Grassi passou a pressionar o britânico cada vez mais, e quando Jake optou por ativar o modo de ataque, Lucas tinha margem suficiente para segurar a posição e manter o primeiro lugar até o fim.

“Acho que Jake estava sofrendo um pouco com a traseira do carro”, afirmou. “Então, tentei pressionar, mas não sabia se o esforço das últimas voltas seria suficiente porque ele é muito difícil de ultrapassar. Obrigado aos caras [da equipe], o carro estava ótimo hoje”, finalizou.

Agora, a Fórmula E tem apenas mais uma etapa pela frente. O grande campeão da temporada será coroado no final de semana dos dias 13 e 14 de agosto, com as últimas duas corridas da temporada no eP de Seul, na Coreia do Sul.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar