‘Mago’ da F1, Newey se une a Vergne no comando de equipe da Extreme E

Adrian Newey, tão acostumado com a Fórmula 1, vai fazer algo muito diferente na Extreme E, categoria que busca conscientizar o público sobre o aquecimento global. O britânico é co-fundador da Veloce, ao lado do piloto Jean-Éric Vergne

Adrian Newey, projetista da Red Bull e ‘mago’ da F1, vai embarcar em uma nova aventura no automobilismo. O britânico foi anunciado nesta quinta-feira (19) ao lado do piloto Jean-Éric Vergne como dirigente da Veloce Racing, nova equipe da Extreme E.
 
Newey é co-fundador da Veloce, onde terá envolvimento direto. A Extreme E, categoria ‘irmã’ da Fórmula E, nasce com o propósito de correr localizações remotas com SUVs elétricos, destacando os efeitos do aquecimento global e da mudança climática.
 
“É um prazer confirmar o lançamento da Veloce Racing, assim como confirmar nossa vaga como participante completo da Extreme E”, disse Newey. “Todos os envolvidos na Veloce Racing são pessoas apaixonadas por corridas, competição e tecnologia de ponta, assim como encarar questões ambientais do mundo atual, então não poderíamos estar mais felizes por participar da Extreme E”, seguiu.
Adrian Newey parte para aventura com Jean-Éric Vergne na Extreme E (Foto: Mark Thompson/Getty Images)

“O campeonato é uma plataforma excepcional para o desenvolvimento de novas tecnologias, chamando atenção para os desafios climáticos da Terra e para mudanças automotivas. A Veloce vai ter um papel ativo em tantos projetos da Extreme E quanto possível para ajudar a regenerar ambientes locais”, destacou.

 
A Extreme E tem temporada inaugural marcada para 2021, com cinco etapas planejadas. A única confirmada até aqui é na Groenlândia, representando o clima ártico. As outras quatro etapas, sem localizações confirmadas, vão representar geleira, floresta tropical, deserto e oceano.
 
A Veloce é a quarta equipe confirmada na Extreme E, ao lado de Venturi, Abt e HWA – as três presentes também na FE. 12 pilotos, apesar de ainda estarem sem vínculo com equipes, também já tem presença confirmada. Os brasileiros Lucas Di Grassi e Bruno Senna estão entre eles.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube