Massa culpa painel por “leituras erradas” que destruíram consumo de energia em Berlim

De acordo com o piloto, o painel eletrônico do volante da Venturi apontou números e metas equivocadas e, assim, indicou um caminho completamente errado

Apesar de se classificar bastante atrás na segunda corrida da maratona em Berlim, realizada na última quinta-feira, Felipe Massa ganhou algumas posições durante a corrida até que a energia acabou perto do fim e o esforço acabou sendo em vão e passando longe de render pontos. Segundo ele, culpa foi de um erro nos apontamentos do visor do volante.

Massa argumentou que a pane no visor começou a passar números e metas erradas para ele, o que fazendo com que gastasse energia demais e ficasse sem bateria na parte final. A decepção é clara, mas ele afirmou que a corrida ia bem antes disso.

“Depois de uma classificação difícil, larguei bem na corrida. Meu ritmo era forte e fui subindo posições, chegando perto dos pontos. Depois da segunda bandeira amarela de pista inteira, tive de lidar com uma situação estranha no meu volante em que as leituras das minhas metas de energia estavam erradas. Impactou muito o gerenciamento e consumo”, revelou.

“Estou muito desapontado com isso, porque estávamos bem até as últimas dez voltas. Precisamos investigar o que aconteceu e consertar o problema para entrarmos bem na próxima sequência de corridas”, finalizou.

De fato, Massa andava na 12ª posição antes do problema energético.

A Fórmula E volta no fim de semana, sábado e domingo, com as provas três e quatro da maratona em Berlim.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube