Nissan confirma Albon ausente de teste da FE durante negociação com Toro Rosso na F1. Rowland substitui

Alexander Albon, envolvido em negociação com a Toro Rosso na F1, precisou se afastar da pré-temporada da Nissan na FE. O tailandês não vai dar sequência às atividades em Valência, abrindo caminho para Oliver Rowland

Alexander Albon não vai cumprir o planejamento inicial de testes com a Nissan na Fórmula E. A equipe japonesa confirmou na manhã desta sexta-feira (19) que o tailandês não vai estar na pista durante o terceiro dia de atividades da pré-temporada em Valência.
 
A ausência confirmada joga mais combustível nas informações de que Albon está no radar da Toro Rosso para a temporada 2019 da F1. O tailandês virou o nome da vez na disputa com Brendon Hartley por uma das últimas vagas ainda sem dono na categoria. Caso um acordo com a equipe de Faenza seja finalizado, Albon passa pela saia-justa de precisar abrir mão do contrato com a Nissan na FE antes mesmo de estrear.
 
Albon já não deixou os boxes nos dois primeiros dias de atividades em Valência, apesar de estar presente. Isso significa que Sébastien Buemi, principal piloto da Nissan, precisou dar conta de testes e experimentos que originalmente seriam repartidos entre os dois pilotos da equipe.
Oliver Rowland substitui Alexander Albon e testa pela Nissan em Valência (Foto: Reprodução/Twitter)

A situação muda com a chegada de Oliver Rowland para suprir a demanda e substituir Albon. O britânico vai à pista já na sexta-feira para aquele que vai ser efetivamente o primeiro dia de dois carros da Nissan na Espanha.

 
Rowland tem como ponto alto da carreira o título da finada World Series em 2015. Depois, o foco foi a F2, onde foi terceiro colocado em 2017. O britânico tem experiência na FE: na temporada 2014-15, Oliver substituiu o machucado Nick Heidfeld no eP de Punta del Este, terminando em 13º com a Mahindra.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube