Por fundos para ações contra aquecimento global, F-E apresenta ‘carro iceberg’ que vai leiloar no Dia da Terra

A F-E sempre carregou um discurso pró não apenas a mobilidade sustentável via tecnologia elétrica, mas de atenção e assumindo um papel na discussão da mudanças climáticas que preocupam especialistas em todo o mundo. O carro iceberg é uma jogada publicitária para um leilão com fundos que prometem ser convertidos na causa

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Todos os anos o dia 22 de abril é celebrado ao redor do planeta. É o Dia da Terra, afinal, e cada vez mais é aproveitado para a promoção de projetos ecologicamente amigáveis. Neste ano, a F-E leiloará um carro seu durante as atividades comuns a um de seus finais de semana de corrida – este, diga-se, em Paris. E o carro vai ter uma pintura especial.

 
Apenas uma parte da pintura foi mostrada, mas tem como tema um iceberg. Segundo idealizadores, é uma forma de mostrar os perigos apresentados pelo aquecimento global e o efeito que tem em geleiras e níveis dos oceanos. Sendo um campeonato de carros de corrida que não emitem dióxido de carbono, o CO2, a F-E sempre advogou, desde sua concepção em 2013, pela sustentabilidade não apenas da mobilidade, mas de recursos energéticos. 
 
Por isso, o dinheiro arrecadado com o leilão vai para a Fundação Alberto II de Mônaco e, subsequentemente, para iniciativas pró-sustentabilidade ecológica.
 
"A pintura do iceberg é simbólica da ameaça real e iminente que é a mudança climática. A menos que sejam tomadas ações para diminuir a quantidade de dióxido de carbono atirado na atmosfera, então a Terra vai continuar a esquentar, as geleiras vão derreter e o nível dos oceanos irá aumentar", disse o diretor-geral da Formula E Holdings, Alejandro Agag. 
A primeira foto do carro iceberg (Foto: F-E)
"Isso vai colocar dezenas de milhões de pessoas em perigo. Este carro único da F-E não vai apenas captar dinheiro para uma grande causa, mas também aumentar a consciência do papel dos veículos elétricos para o futuro da mobilidade urbana", seguiu.
 
Quem desenvolveu a pintura em conjunto com a F-E e a Italia Garage Customs foi o magnata italiano Lapo Elkann, neto do já falecido chefão da Fiat e homem mais rico da Itália Giani Agnelli. Elkann é presidente da LA Holding, uma empresa que tem por negócio subsidiar ideias independentes.
 
"Não dá para negar que o planeta está aquecendo e somos parcialmente responsáveis. A mudança climática global está causando problemas para o meio ambiente e a única forma de reverter esse processo é agir mais responsavelmente. Isso pode ser feito se focarmos em fontes de energia sustentáveis, optando por mobilidade alternativa e elétrica", falou.
 
"A pintura fotorealística que eu criei com a Garage Italia Customs transforma o carro pronto para ser leiloado num iceberg para simbolizar o perigo real que pode ter grandes efeitos em nossa vida. O carro representa nosso protótipo conceitual de carro para o futuro, onde a criatividade e singularidade da Garage Italia Customs está marcada com desempenho e padrões de emissão zero por um mundo mais seguro e limpo" encerrou.
 
O eP de Paris acontece em 23 de abril, dia seguinte ao do leilão.
 
PADDOCK GP #24 FALA SOBRE F1, MOTOGP, INDY E STOCK

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube