Porsche apresenta supercarro elétrico, mas nega entrada imediata na F-E: “No momento, é apenas um conceito”

Com a apresentação do Mission E no Salão do Automóvel de Frankfurt, a Porsche entrou no ramo dos carros elétricos de vez. No entanto, lidando com uma tecnologia nova, a marca não pensa em entrar na F-E - ao menos não imediatamente

O Salão do Automóvel de Frankfurt aconteceu na última semana e, como sempre, teve diversas novidades. Uma delas foi o Mission E, supercarro elétrico da Porsche. Naturalmente, isso instigou uma conversa sobre a entrada da marca na F-E. Segundo a Porsche, não há planos de entrar imediatamente na categoria.
 
Não foi, no entanto, uma questão de descartar o interesse na F-E. Fritz Enzinger, chefe da Porsche no WEC, destacou que ainda se trata de algo muito novo para a marca, portanto ainda não existe know-how o suficiente para se envolver na competição novata.
 
"É muito cedo para dizer que o que podemos fazer com um veículo completamente elétrico em situação de corrida. Temos muita experiência com motor híbrido, mas isso é completamente diferente para nós e algo para o futuro", explicou. 
Fritz Enzinger apresenta o Mission E (Foto: 4WheelOnline)
"A F-E mostrou coisas boas no primeiro ano, mas é tudo muito novo. Ainda assim, estamos mantendo um olho na direção para onde está indo. No momento, é apenas um conceito", disse.
 
O Motor E tem motores PMSM que utilizam ímãs sincronizados, além de um sistema de frenagem semelhante ao usado no 919 Hybrid vencedor das 24 Horas de Le Mans. O carro tem 440 kw de potência com baterias que duram 500 km. Em 15 minutos, o carro chega a 80% da bateria.
 
"Há muitos crossovers com a tecnologia LMP que estamos usando, como os motores. Temos boa tecnologia de transferência, mas o conceito foi feito num departamento completamente diferente da Porsche. Ainda assim, teve um grande impacto em Frankfurt ano passado e tem uma mensagem bem interessante", encerrou.

Sem a Porsche, mas com Citroën e Renault, a segunda temporada da F-E começa no próximo dia 24 de outubro em Pequim.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube