Rosberg fala em “futuro incrível” e admite interesse por cargo na Fórmula E. Mas não como piloto

Nico Rosberg está cheio de vontade de entrar para a FE. No entanto, o alemão garante que não tem nada a ver com voltar a ser piloto, mas sim assumir algum outro cargo fora das pistas

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Desde que se aposentou da F1, Nico Rosberg tem feito diversas aparições pelas mais diferentes categorias. Neste sábado (2), o alemão apareceu em Hong Kong, acompanhando a abertura da quarta temporada da FE e falando abertamente que pensa em, daqui algum tempo, assumir um cargo de dirigente no campeonato dos bólidos elétricos.

 
Nico não deu maiores detalhes sobre o que pensa para seu futuro na FE, mas elogiou bastante a categoria e demonstrou interesse em participar, deixando já claro que não é mesmo na função de piloto.
 
"Vamos esperar para ver. Estou aberto a explorar, então vamos ver o que acontece, mas estou definitivamente interessado", admitiu. "Sei muito [sobre a categoria], eu tenho acompanhado. Tem um futuro incrível, excelente mesmo. Está no caminho certo, e Alejandro [Agag, diretor-geral da FE] é incrível também, ele vai fazer as coisas certas", seguiu.
Nico Rosberg quer fazer parte da FE, mas não como piloto (Foto: AFP)
Rosberg falou também da importância da categoria e do lugar que a FE tem ocupado. Segundo o campeão do mundo, o certame elétrico tem seu nicho bem garantido.
 
"O hype pela mobilidade elétrica existe e é o motivo pelo qual o futuro desta categoria está garantido, porque as pessoas vão assistir e será essa a tecnologia do futuro. Estará lá [o mercado]. Nunca houve uma categoria em que a tecnologia era tão específica", seguiu.
 
O campeão da temporada 2016 da F1 ainda destacou a entrada de diversas montadoras no grid da FE. Além da Audi e da Renault, outros grandes nomes como Mercedes – da qual ainda é embaixador – e Porsche estão a caminho do campeonato.
 
"Vai dos carros de corrida aos de passeio do futuro que nós iremos dirigir. Todas as grandes montadoras do mundo estão lutando com as outras, então isso é incrível", declarou.
 
FIM DE UMA GERAÇÃO

GIAFFONE: “BRASIL TEVE SORTE POR TER PILOTOS POR TANTO TEMPO NA F1”

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube