Rosberg X Racing vence etapa da Sardenha e fica perto do primeiro título da Extreme E

Molly Taylor e Jonah Kristoffersson levaram a equipe capitaneada por Nico Rosberg a vencer o Island X-Prix no último domingo, na Sardenha. Foi a terceira vitória da dupla em quatro etapas no novo campeonato. Disputa foi marcada por forte acidente com Stéphane Sarrazin

VERSTAPPEN BATE HAMILTON EM DISPUTA TENSA! TUDO SOBRE O GP DOS EUA | Briefing

Três vitórias em quatro etapas, e a Rosberg X Racing está muito perto de conquistar o primeiro título da Extreme E, nova categoria do esporte a motor nesta temporada que consiste em disputas em rali com SUVs elétricos. No último fim de semana, no chamado Island X-Prix, na Sardenha, Itália, Molly Taylor e Jonah Kristoffersson alcançaram mais um triunfo depois de duros revezes das duplas da X44, equipe de Lewis Hamilton, com Sébastien Loeb e Cristina Gutiérrez, e da Ganassi, com Kyle LeDuc e Sara Price, que ficaram pelo caminho.

O fim de semana parecia destinado justamente a Loeb e Cristina, que lideraram o único treino livre e as duas sessões classificatórias. Só que um problema mecânico no carro tirou qualquer chance da dupla da X44 na corrida final da disputa, no domingo.

LEIA TAMBÉM
+OPINIÃO GP: Verstappen golpeia forte Hamilton e dá passo importante rumo ao título
+ANÁLISE: A Mercedes prova do seu próprio veneno contra a Red Bull
+Resultado e a classificação da Fórmula 1 depois do GP dos Estados Unidos

ROSBERG X RACING; EXTREME E; SARDENHA;
Molly Taylor e Jonah Kristoffersson venceram pela terceira vez na temporada (Foto: Extreme E)

A X44 passou para a final depois de passar pela semifinal de forma dramática e se colocou entre as cinco tripulações assim como a dupla da Ganassi, a equipe de Jenson Button, a JBXE, formada por Kevin Hansen e Mikaela Ahlin-Kottulinsky; a Abt Cupra XE, com Mattias Ekström e a lendária Jutta Kleinschmidt, e a Rosberg X Racing, com Taylor e Kristoffersson.

Loeb assumiu a liderança logo no começo da final, mas antes mesmo de entregar o volante do carro à parceira de equipe enfrentou problemas e teve de abandonar. A ponta, então, ficou com a dupla da Ganassi e tinha Kyle LeDuc ao volante. Mas o piloto teve de lidar com uma falha no sistema de suspensão do carro e também ficou pelo caminho.

Foi o que bastou para que Molly Taylor assumisse a liderança. A dupla da Rosberg X Racing ainda contou com um revés da dupla da Abt Cupra, que foi para a segunda volta sem a porta direita do carro, que se soltou depois da parada para a troca de pilotos. No fim das contas, a tripulação da Abt conseguiu seu primeiro pódio no campeonato. Kevin Hansen e Mikaela Ahlin-Kottulinsky, da JBXE, fecharam o top-3.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O fim de semana foi marcado também pelo forte acidente sofrido pelo veterano Stéphane Sarrazin, da Veloce Racing. Ao passar por uma rocha, o carro do francês capotou várias vezes. Por sorte, o piloto escapou ileso.

A pontuação do campeonato agora aponta para Molly Taylor e Jonah Kristoffersson com 129 pontos, assim como a Rosberg X Racing no campeonato de equipes, contra 108 tentos de Sébastien Loeb e Cristina Gutiérrez, da X44.

A próxima etapa da Extreme E está marcada para 19 de dezembro, dia que vai representar o desfecho da sua primeira temporada, na Inglaterra.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar