Sarrazin toma primeira posição de Bird com cronômetro zerado e lidera TL1 da F-E em Londres. Di Grassi é terceiro

Stéphane Sarrazin não passou sequer um segundo na frente, mas foi o mais rápido. Isso porque o francês bateu o tempo impressionante de Sam Bird com um ainda mais arrasador e colocou a Venturi no comando das ações no Parque Battersea

Stéphane Sarrazin liderou o primeiro treino livre da F-E em Londres por nenhum segundo, tecnicamente, mas ainda assim foi o mais rápido no final das contas. O francês apenas encerrou uma sequência de seis líderes em menos de meio minuto, só que tomou a frente que Sam Bird havia anotado com um tempo arrasador apenas com o cronômetro já zerado.

Para Bird, mesmo, o gosto deve ter sido bastante amargo. O piloto já tomara a ponta com a quadriculada mostrada, melhorando a volta então mais veloz por mais de 1s. Mesmo assim, não foi o bastante para deixar a Virgin na frente. 

Lucas Di Grassi ficou com a terceira colocação, tudo bem, mas não ficou realmente perto. Foram 2s5 de diferença para Sarrazin. Uma distância importante mas que, ao menos aparentemente, não diz muito para o resto do dia.
Stéphane Sarrazin liderou o TL1 em Londres (Foto: Venturi)

Jean-Éric Vergne e Danie Abt também chegaram a liderar nos últimos segundos e ficaram com as posições quatro e cinco. Nelsinho Piquet foi o sexto com o tempo que anotou com 15 minutos de treino e o manteve na liderança por quase 30 minutos do treino.

 
Jérôme D'Ambrosio foi o sétimo, mas marcou a sessão por ter a sespensão quebrada ao passar por uma ondulação próxima a curva um que está esfriando a espinha do pessoal da categoria. Sébastien Buemi, Karun Chandhok e Nicolas Prost encerraram o top-10. Bruno Senna foi o 17º.

Confira como foi o TL1:

Os tempos no Parque Battersea começaram acima de 1min40s, os maiores da temporada da F-E até agora. Mas, claro, apesar da pista ser comprida, logo o relógio foi vendo quedas bruscas. Facilmente, os pilotos passaram a cruzar na casa de 1min39s para baixo em um minuto e daí em diante.
 
Foi o líder do campeonato, Nelsinho Piquet, que já liderava após 15 minutos de sessão que cravou 1min29s579: o primeiro abaixo da casa de 1min30s. Nesse momento, apenas Jean-Éric Vergne, Stéphane Sarrazin e o estreante Fabio Leimer estavam entre 1min30s e 1min31s.
 
17 minutos de sessão, e então mais gente começava a sair do 1min30s. Sarrazin foi nessa e levou junto Sam Bird e Jérôme D'Ambrosio.
Enquanto ainda restavam 20 minutos de sessão, os debutantes estavam espalhados pelo grid. Leimer já caíra para a 12ª colocação, com Oliver Turvey um posto à frente. Simona de Silvestro era a 15ª, Sakon Yamamoto o 19º e Alex Fontana apenas o 20°.
 
Bandeira vermelha na pista com 16 minutos para o final de sessão. D'Ambrosio o responsável, ficando parado na pista por conta de uma quebra na suspensão traseira do lado direito. presente de uma ondulação na altura da curva um que está preocupando bastante gente. Salvador Durán também teve problemas por não conseguir fazer uma das curvas. 

A recuperação da Dragon ia rolando e a bandeira vermelha continuava valendo após oito minutos. Piquet, D'Ambrosio, Sébastien Buemi, Bird e Sarrazin eram os cinco primeiros. Lucas Di Grassi vinha logo atrás, na sexta colocação.
 
O belga D'Ambrosio não é o único com problemas nesta ondulação. Os carros chegam a sair do chão passando por ela – que está no centro da pista, diga-se de passagem.
Bandeira verde acionada a quatro minutos do fim. Claro que a posição frontal não ia ficar do jeito que estava. Afinal, são os treinos livres da F-E, certo?
 
Nos 20 últimos segundos, cinco pilotos passaram a ter frente no TL1. O primeiro a passar Piquet foi Daniel Abt, seguido rapidamente por Vergne. Di Grassi tomou a primeira posição com o cronômetro zerando, mas já após a quadriculada perdeu para Bird, que baixou de 1min29s logo marcando 1min27s125.
 
Só que Sarrazin apareceu barbarizando e colocando 1min26s450 para deixar o nome dele na primeira atividade oficial em Londres. Bird, Di Grassi, Vergne, Abt, Piquet, D'Ambrosio, Buemi, Karun Chandhok e Nicolas Prost encerraram o top-10.

F-E. TL1, Londres, Classificação:

1 STÉPHANE SARRAZIN FRA VENTURI 1:26.450   17
2 SAM BIRD ING VIRGIN 1:27.125 +0.675 18
3 LUCAS DI GRASSI BRA AUDI ABT 1:29.006 +2.556 18
4 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA ANDRETTI 1:29.163 +2.713 15
5 DANIEL ABT ALE AUDI ABT 1:29.368 +2.918 18
6 NELSINHO PIQUET BRA CHINA 1:29.514 +3.064 17
7 JÉRÔME D'AMBROSIO BEL DRAGON 1:29.588 +3.138 13
8 SÉBASTIEN BUEMI SUI E.DAMS 1:29.684 +3.234 19
9 KARUN CHANDHOK IND MAHINDRA 1:30.148 +3.698 18
10 NICOLAS PROST FRA E.DAMS 1:30.225 +3.775 19
11 OLIVER TURVEY ING CHINA 1:30.559 +4.109 18
12 FABIO LEIMER SUI VIRGIN 1:30.932 +4.482 16
13 NICK HEIDFELD ALE VENTURI 1:30.984 +4.534 13
14 SIMONA DE SILVESTRO SUI ANDRETTI 1:31.222 +4.772 11
15 LOÏC DUVAL FRA DRAGON 1:31.272 +4.822 14
16 SALVADOR DURÁN MEX AMLIN AGURI 1:31.550 +5.100 12
17 BRUNO SENNA BRA MAHINDRA 1:31.658 +5.208 17
18 JARNO TRULLI ITA TRULLI 1:32.380 +5.930 17
19 SAKON YAMAMOTO JAP AMLIN AGURI 1:33.558 +7.108 13
20 ALEX FONTANA SUI TRULLI 1:33.912 +7.462 17

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube