Sem pista usada na temporada passada, F-E confirma retorno do eP de Berlim ao Aeroporto de Tempelhof

O Aeroporto Berlim Tempelhof será novamente a sede da F-E em Berlim. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (10), mas já parecia encaminhado há algum tempo. O Senado alemão impediu que a categoria voltasse à parte da cidade em que correu na temporada passada, obrigando a F-E a encontrar uma solução emergencial

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A F-E está de volta à sede original na Alemanha. O campeonato confirmou na manhã desta sexta-feira (10) que o eP de Berlim da terceira temporada da categoria será, de fato, disputado no Aeroporto Berlim Tempelhof. Na temporada passada, a pista havia sido no centro da cidade, em volta da Alexandreplatz. Agora, dois anos depois, os monopostos elétricos estão de volta ao aeroporto fora de operação e transformado em praça.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
O Tempelhof deixou de ser a sede da F-E em Berlim no ano passado, quando foi usado como abrigo para refugiados políticos – vindos sobretudo da Síria. O governo local entendeu que seria inviável misturar moradores dos terminais desativados desde 2008 e a infraestrutura para uma corrida de grande porte no mesmo tempo e espaço.

 
Só que desta vez não teve o que ser feito. A pista que a F-E conseguiu em Berlim às pressas acabou incomodando os moradores, que se viram com uma rotina diferente e que incluía barulho e ruas fechadas. Assim, o Senado alemão proibiu que a categoria corresse ali.
 
"Esporte a motor com motores elétricos é uma propaganda para tecnologias inovadoras e mobilidade urbana sustentável. Eletromobilidade é fundamental para um transporte amigável com o meio ambiente nas cidades do século XXI, incluindo Berlim", disse o prefeito de Berlim, Michael Müller. 
F-E de volta ao Tempelhof (Foto: Reprodução/Twitter)
"Assim, estou deliciado que a F-E continue correndo aqui. O evento anima fãs do esporte a motor e prova, de forma espetacular, em frente a uma paisagem especial, o desempenho dessa tecnologia para amplas audiências", seguiu.
 
Com uma grande história, o Tempelhof, ao menos neste momento, é visto como uma saída temporária enquanto a F-E procura uma nova casa em Berlim para a quarta temporada.
 
Em 2015, com uma pista de 17 curvas divididas por cerca de 5,4 km, a F-E teve uma de suas primeiras grandes polêmicas por lá quando Lucas Di Grassi venceu a corrida, mas terminou desclassificado horas depois por conta de uma aleta modificada fora dos padrões permitidos. Foi Jérôme D'Ambrosio quem herdou a vitória.
 
A Alemanha pode ter ainda mais novidades da F-E. Fala-se em uma possível corrida em Hamburgo caso a categoria não consiga firmar uma pista para correr no próximo mês de julho em Bruxelas.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube