Sette Câmara lamenta falta de ritmo da ERT em Xangai: “Contraste absurdo para os outros”

Sérgio Sette Câmara não conseguiu entrar na briga pelos pontos no fim de semana da Fórmula E em Xangai. Segundo o brasileiro, o déficit de competitividade entre a ERT e os outros carros foi "impressionante" na rodada dupla chinesa

A ERT do brasileiro Sérgio Sette Câmara viveu um fim de semana para esquecer no eP de Xangai da Fórmula E e não conseguiu competir com as outras equipes o suficiente para buscar pontos. Zerada pela quinta corrida consecutiva, a escuderia chinesa viu novamente a Mahindra se aproximar no Mundial de Equipes, e o piloto mineiro ainda foi o responsável pelo melhor resultado do time na etapa: o 13º lugar de sábado (25).

No dia seguinte, entretanto, o nível de competitividade do carro caiu ainda mais em relação às concorrentes, o que resultou em um 18º lugar para Sette Câmara. Segundo ele, era possível ter se classificado melhor, mas um erro na última tentativa acabou causando a eliminação na fase de grupos.

“O domingo de Xangai não foi dos melhores”, lamentou Sette Câmara. “Dava para termos nos classificado melhor e ido aos duelos, se tivesse acertado a volta. Fiquei com o melhor primeiro setor do meu grupo, segundo melhor no setor 2, mas errei no terceiro e não consegui encontrar o ritmo”, analisou.

“Muitos pilotos também cortaram a pista, e os comissários não estavam punindo. Eu não cortei e acabei perdendo tempo. Então, fiquei a 0s1 dos duelos, o que foi uma pena”, destacou o brasileiro da ERT.

ERT completou cinco corridas sem pontuar em Xangai (Foto: Fórmula E)

No entanto, o brasileiro admitiu que, mesmo que tivesse feito uma excelente classificação, os carros da equipe não conseguiriam brigar pelo top-10 em Xangai. Dan Ticktum, que terminou em 20º e 21º, competiu ainda menos que Sette Câmara. E o piloto #3 prevê mais um fim de semana de muitas dificuldades na próxima etapa, em Portland.

“Mas, para ser sincero, eu ou o Dan [Ticktum] poderíamos ter largado na pole que teríamos chegado lá atrás. O 18º lugar era o melhor que dava para fazer, porque o contraste de ritmo entre os outros carros e o nosso é absurdo”, admitiu.

“Nessa pista, principalmente, foi impressionante. Então, vamos ver o que podemos fazer para Portland, porque temos um mês. Não vou mentir, é uma pista parecida, mas vamos ver o que conseguimos fazer lá”, finalizou.

Agora, a Fórmula E parte para uma pausa de um mês e só retorna com a rodada dupla do eP de Portland, entre os dias 28 e 30 de junho. Todas as sessões de pista terão transmissão AO VIVO e COM IMAGENS nos canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube e no Kwai.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Formula E direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.