Sims repete feito e conquista segunda pole seguida em Ad Diriyah

O segundo treino de classificação do fim de semana da Fórmula E em Ad Diriyah terminou com o pole-position repetido: Alexander Sims. A BMW terá uma nova chance de aproveitar a posição de honra após a corrida ruim que tiveram na sexta-feira

O segundo dia da temporada 2019/20 da Fórmula E, este sábado (23), em Ad Diriyah, terá o mesmo pole-position que o primeiro dia. Alexander Sims saiu do segundo grupo do treino classificatório para a Superpole e para, aos olhos de Michael Andretti, garantir a posição de honra mais uma vez.

Na realidade, Sims engatou uma sequência jamais vista na história da Fórmula E. Como havia sido pole pela primeira vez no encerramento da temporada passada, em Nova York, o piloto inglês é o primeiro da história da categoria a largar da frente em três corridas seguidas. 
 
Sébastien Buemi é quem vai largar na segunda colocação, 0s220 atrás do piloto da BMW. A segunda fila fica com Lucas Di Grassi e Mitch Evans, enquanto Jérôme D'Ambrosio e António Félix da Costa, que cometeram erros em suas voltas na Superpole, formam a terceira fila.
 
Vencedor da corrida 1 e mais rápido do grupo inicia, Sam Bird é o sétimo colocado e conta com Edoardo Mortara, Maximilian Günther e André Lotterer fechando o top-10. O bicampeão Jean-Éric Vergne sai na 11ª colocação, enquanto Felipe Massa larga em 16º.
 
A largada da corrida 2 do eP de Ad Diriyah está marcada para as 9h (de Brasília).
Alexander Sims (Foto: BMW)

Confira como foi a classificação:

Grupo 1 – Sam Bird, André Lotterer, Stoffel Vandoorne, Oliver Rowland, Robin Frijns e Nyck de Vries
 
Apesar da pista estar bastante melhor que na sexta-feira, os pilotos do grupo inicial retardaram o máximo possível a participação deles na pista. O primeiro a sair foi Rowland. O inglês não fez volta impressionante e passou apenas em 1min12s. De Vries, impressionante no primeiro dia, errou no setor intermediário e passou bem acima. 
 
O restante dos membros do grupo foi melhor que Rowland, mas o destaque ficou mesmo com Bird: 1min12s007. Mesmo assim, saiu incomodade: o tempo foi 1s acima daquele que cravara no TL3. Segundo Bird no rádio da Virgin, cometeu dois erros no setor derradeiro da pista. Lotterer foi 0s1, mais lento, mas Vandoorne e Frijns ficaram quase 0s5 atrás.
 
Grupo 2 – Felipe Massa, Mitch Evans, Alexander Sims, Jérôme D'Ambrosio, Edoardo Mortara e Pascal Wehrlein
 
Quem saiu antes dos demais no segundo grupo foi Sims – e com alguma distância. O pole da sexta-feira pulou para a liderança no sábado. Durou pouco, pois, porque o último a andar no grupo, D'Ambrosio, superou a volta dele em 0s023s. O belga ainda viu a traseira do Mahindra acertar o muro com certa força enquanto cruzava a linha.
 
Evans ainda subiu para a terceira colocação, enquanto Mortara subiu para quinto. Wehrlein não foi tão bem e passou somente em nono, mas foi Massa aquele que pior andou no grupo. Terminou 0s6 mais lento que o companheiro de Venturi, em 10º.
Grupo 3 – Oliver Turvey, Lucas Di Grassi, António Félix da Costa, Neel Jani, Maximilian Günther e James Calado
 
Dono da volta mais rápida do dia até agora, Da Costa esperou para ser o último a andar no penúltimo grupo. A estratégia teve sucesso: o português não repetiu o giro do TL3, mas mostrou que o carro estava muito bom ao acertar 1min11s418 e pular para a ponta.
 
Di Grassi também andou forte e conseguiu subir para a quarta colocação após 18 pilotos anotarem suas voltas. Apenas os dois se colocaram entre os ponteiros, entretanto: Günther subiu para oitavo, enquanto Turvey, Jani e Calado foram, respectivamente, para 15º, 16º e 17º.
 
Grupo 4 – Brendon Hartley, Nico Müller, Sébastien Buemi, Jean-Éric Vergne, Ma Qing Hua e Daniel Abt
 
Müller saiu bem antes dos demais e foi muito mal. O suíço aproveitou para reclamar no rádio da Dragon que os sistemas do carro estavam enlouquecendo. No companheiro de Dragon, Hartley, tempo um pouco melhor, mas também alto e nada satisfatório.
 
Foi Buemi o responsável por se sair realmente bem no grupo e tirar Bird da lista da Superpole, pulando para o quarto posto geral. Expectativa que também recaía sobre Vergne e Abt, mas ambos decepcionaram. O bicampeão, após uma travada dramática de pneus, fechou somente em 11º. Abt foi 0s7 mais lento que Di Grassi e finalizou em 15º. O outro era Qing Hua, em 21º.
Antonio Félix da Costa (Foto: FIA Fórmula E)

SUPERPOLE

Na posição de primeiro na pista, sempre vulnerável, Evans fez o possível e conseguiu entrar na casa de 1min11s. Estava na cara, porém, que não seria pole. Di Grassi veio na sequência e melhorou a volta, mas Sims foi mais que 0s3 mais veloz. Na volta do pole de ontem, o carro da BMW aparecia deslizando pela pista como se fosse kart, mas o resultado aparecia no final. D'Ambrosio errou e sobrou atrás de Evans, ao passo que Buemi subiu para o segundo posto. Restava somente Da Costa, líder da fase de grupos. Mas o português errou mais de uma vez na volta rápida e acabou somente em sexto.


Fórmula E 2019, eP da Arábia Saudita, Ad Diriyah, classificação:
1 A SIMS BMW   1:11.476  
2 S BUEMI Nissan   1:11.696 +0.220
3 L DI GRASSI Audi   1:11.784 +0.308
4 J D'AMBROSIO Mahindra   1:12.093 +0.617
5 A FÉLIX DA COSTA DS Techeetah   1:14.134 +2.658
6 M EVANS Jaguar   1:11.929 +0.145
7 S BIRD Virgin Audi   1:12.007 +0.531
8 E MORTARA Venturi Mercedes   1:12.008 +0.532
9 M GÜNTHER BMW   1:12.051 +0.575
10 A LOTTERER Porsche   1:12.153 +0.677
11 S VANDOORNE Mercedes   1:12.422 +12.422
12 R FRIJNS Virgin Audi   1:12.454 +12.454
13 P WEHRLEIN Mahindra   1:12.635 +12.635
14 D ABT Audi   1:12.642 +12.642
15 F MASSA Venturi Mercedes   1:12.656 +12.656
16 O ROWLAND Nissan   1:12.660 +12.660
17 O TURVEY NIO   1:12.671 +12.671
18 N JANI Porsche   1:12.732 +12.732
19 B HARTLEY Dragon Penske   1:13.182 +13.182
20 M QING HUA NIO   1:13.205 +13.205
21 J CALADO Jaguar   1:13.430 +1.954
22 N MÜLLER Dragon Penske   1:13.703 +2.007
23 N DE VRIES Mercedes   1:14.082 +2.298
24 J.E VERGNE DS Techeetah   1:12.327 +0.851
Paddockast #42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube