Trulli é reprovada na verificação técnica da FIA em Putrajaya e volta a ficar fora de prova da F-E

Ainda não vai ser desta vez. Depois de anunciar aos quatro ventos que estava pronta, a Trulli fracassou e foi reprovada na verificação técnica realizada pela FIA nesta sexta-feira (6) em Putrajaya. O grid volta, assim, a ter 18 carros na Malásia.

'Infelizmente não deu' poderia ser a frase favorita de Jarno Trulli. Por mais inacreditável que possa parecer, a Trulli vai ficar de fora de mais uma etapa da segunda temporada da F-E. A notícia foi confirmada na manhã desta sexta-feira (6) no Brasil, início de noite na Malásia.
 
Desta vez, a equipe não pode sequer defletir a culpa para um problema alfandegário e burocrático específico do local. A Trulli simplesmente não passou na verificação técnica realizada pela FIA, ficando de fora da lista final de participantes.
 
Ainda na segunda-feira, o time havia anunciado no Twitter que o JT-01 chegara a Putrajaya em segurança e iria correr sem problemas – o que se mostrou errado.
Liuzzi e Durán ficam nos boxes novamente. Infelizmente não deu (Foto: F-E)
O erro da Trulli não foi apenas no que mostrou, mas também no relógio. A FIA concedeu três horas de extensão para a equipe se preparar para a verificação – o que acarretou numa multa de R$ 4,1 mil por cada carro.
 
"É com grande pesar que anunciamos que não participaremos na corrida de amanhã. Todo mundo tem trabalhando duro e estávamos ansiosos para pôr os carros na pista. Muito trabalho tem sido feito nos carros e estamos confiantes que tudo estará bem em Punta del Este", disse o chefe da equipe, Lucio Cavuto.
 
"Também quero agradecer a FIA e a FEH por estender o período da verificação. Infelizmente para nós, não foi tempo o bastante para completar os carros. Não vou esquecer dos fãs, que nos ofereceram grande suporte em grandes números. Sentimos muito não correr por vocês. Desejamos uma boa sorte e um bom show na corrida de amanhã", encerrou.
 
O final de semana tinha começado difícil para o time com uma disputa contratual praticamente impedindo Salvador Durán de ir à pista. O dono do time, Jarno, seria o substituto. Para Vitantonio Liuzzi, será mais uma semana de assistir a corrida dos boxes – um começo certamente diferente do que ele esperava. 
 
A próxima chance da Trulli é no eP de Punta del Este, na chegada da temporada ao continente americano, em 19 de dezembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube