Williams e Rimac estão entre concorrentes para fornecer baterias da F-E a partir da terceira temporada, diz site

A atual fornecedora Williams e a croata Rimac estão entre as marcas brigando para desenvolver baterias para a F-E nas temporadas três em quatro, entre o segundo semestre de 2016 e o primeiro de 2018. Informação é do site inglês 'Electricautosport.com'

Os dez times da F-E estão atualmente em discussões sobre quem será a fornecedora de baterias para a categoria para as temporadas três e quatro. A Williams, atual responsável pelas baterias, e a croata Rimac são duas das fortes candidatas a receberem o projeto.
 
A informação é do site inglês 'Electricautosport.com'. Segundo o site, a bateria da F-E vai ter 32 kWh para os anos três e quatro, aumentando em 50 kW a potência máxima que pode ser usada nos carros, indo a 250 kW. A expectativa é que a partir da quinta temporada as equipes possam produzir totalmente sozinhas.
 
As atuais baterias, de 200 kW, foram projetadas e executadas pela Williams Advanced Engineering em um tempo relativamente curto. O protótipo do modelo foi feito em seis meses, testado e terminado em cima da hora para o começo do campeonato.
Novas baterias na F-E (Foto: AP)
Já a adversária para 2016 é a responsável pelo supercarro elétrico Rimac Concept One 1088 hp. A construtora croata também é responsável pela bateria do ultraveloz Koenigsegg Regera. 
 
Dentre os feitos da montadora está uma bateria de 9,27 kWh feita para entregar 500 kW de potência. São 4,35 kW/kg ao peso de 115 kg. Outra feita foi um veículo de 1100 kW para competir na Escalada Internacional de Pikes Peak.
 
Para a segunda temporada da categoria, a bateria segue sendo a mesma fornecida pela Williams para este ano, porém com a possibilidade de ver maiores potências permitidas para ritmo de corrida.
 
A pré-temporada da F-E começa com testes coletivos em Donington Park, em 10 de agosto. Serão seis datas durante o mês. O eP de Pequim abre a temporada em 17 de outubro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube