Cadeira Cativa tem Claudio Santos e Sérgio Jimenez para falar da volta de Alonso à F1

A atração vai promover o debate sobre a volta de Fernando Alonso à Renault, sua terceira passagem pela equipe. Flavio Gomes comanda o programa, que vai ao ar às 20h (de Brasília, GMT -3)

O Cadeira Cativa chega à edição de número 15 nesta quinta-feira (16). O programa, apresentado por Flavio Gomes, vai receber o jornalista Claudio Santos e o piloto Sérgio Jimenez para uma conversa sobre a volta de Fernando Alonso à Fórmula 1. A atração vai ao ar, ao vivo, a partir das 20h (de Brasília, GMT -3), no canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube.

Claudio Santos é jornalista, escritor e palestrante. Passou pela Rádio Gazeta, de São Paulo, pela Autolatina (uma joint venture entre Volkswagen e Ford) e pela Chrysler do Brasil. Trabalhou por 12 anos na Renault como Gerente de Imprensa, Gerente Executivo de Comunicação e também como Gerente Executivo de Relações Institucionais. Atualmente, possui um blog e um canal no YouTube, ambos focados em temas como equidade de gênero, machismo, paternidade e diversidade.

Sérgio Jimenez é um experiente piloto brasileiro. Em 2002, conquistou a Fórmula Renault Brasil e, no ano seguinte, disputou a Fórmula Renault Britânica. Passou pela GP2 (atual Fórmula 2) em 2007, além de disputar provas na A1 GP e no FIA GT. Em 2019, conquistou o título do Jaguar eTrophy, campeonato de carros elétricos de turismo.

O Cadeira Cativa, que reúne jornalistas e especialistas do esporte a motor, tem produção de Evelyn Guimarães, Gabriel Carvalho, Pedro Luis Cuenca e Rodrigo Berton. Confira aqui os programas anteriores.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube