Camilo sobra e coloca Chevrolet no topo do pódio no adeus ao circuito de Jacarepaguá

Em uma atuação perfeita, Thiago Camilo saiu da 15ª colocação para garantir a vitória na segunda prova da rodada dupla do Rio de Janeiro. A prova deste domingo (5) marca o adeus das competições nacionais ao quase extinto circuito de Jacarepaguá

Thiago Camilo teve uma exibição à altura da ocasião. No adeus ao circuito de Jacarepaguá, que será destruído para dar lugar ao Parque Olímpico dos Jogos Olímpicos de 2016, o piloto da Carlos Alves saiu da 15ª colocação do grid para garantir a vitória na segunda corrida da rodada dupla do Rio de Janeiro.

Em atuação perfeita, o paulista assumiu a ponta depois de disputar a liderança com Diego Nunes. Com bom rendimento, Thiago conseguiu imprimir um ritmo forte e abriu uma boa vantagem, cruzando a linha com mais de 2s6 de vantagem. O piloto da Bassani ficou em segundo, com Felipe Maluhy completando a prova no terceiro posto.
 

Camilo venceu a última prova nacional em Jacarepaguá (Foto: Duda Bairros/ Vicar)


Alceu Feldmann recebeu a bandeirada na quarta colocação, seguido por Denis Navarro, Thiago Marques, Vitor Meira, Juliano Moro, Claudio Padovan e Claudio Capparelli completando o top-10.

Saiba como foi a segunda corrida deste domingo:

A segunda prova em Jacarepaguá começou com o asfalto molhado por conta da chuva que caiu no Rio de Janeiro um pouco antes da segunda prova desta rodada. A temperatura era de 19°C, com o asfalto atingindo a marca de 20°C.

Por conta do grid invertido em relação aos oito primeiros colocados na primeira prova deste domingo, Fogaça saiu na ponta, seguido por Nunes e Marques. Com a chuva, a largada foi dada atrás do safety-car. O carro de segurança completou apenas uma volta no circuito carioca, recolhendo na abertura do segundo giro.

Com a postura cautelosa dos pilotos, Fogaça manteve a ponta, seguido por Nunes, Marques, Maluhy, Serafin Jr., Maurício e Feldmann. Não demorou, Diego passou Fábio e assumiu a ponta. Mais atrás, Maluhy passou Marques, que logo foi ultrapassado por Maurício, caindo para sexto.

Camilo também vinha em boa prova e já aparecia na sexta colocação após quatro voltas. Com problemas no Mitsubishi Lancer, Fogaça começou a perder ritmo e logo abandonou a disputa. Ricardo Zonta também teve problemas e se retirou da prova.

Na ponta, Nunes liderava e já tinha 2s722 de vantagem para Maluhy, o segundo colocado. Thiago Camilo continuava exibindo boa forma, assumindo o terceiro posto, à frente de Maurício, Navarro, Feldmann e Marques.

Antes de completar a sexta volta, Ricardo Maurício também teve problemas com o carro e abandonou a corrida. Na abertura do giro seguinte, Camilo escapou da pista e caiu para a quarta colocação ao ser ultrapassado por Alceu.

Serafin Jr. foi mais um a escapar, motivando a entrada do safety-car. Faltando pouco mais de 13 minutos para o fim da disputa, a direção de prova deu bandeira verde, reiniciando a disputa. Nunes manteve a ponta, seguido por Maluhy. Feldmann manteve o terceiro posto, mas logo perdeu a posição para Camilo.

Felipe tentava pressionar Diego, mas via a aproximação de Camilo, que logo o alcançou e conseguiu a ultrapassagem na primeira perna do ‘S’. Com a disputa entre os dois, Nunes conseguiu abrir 0s707 de vantagem.

A diferença, no entanto, logo despencou, com Camilo pressionando Nunes. Não demorou, Thiago assumiu a ponta, mas Diego conseguiu reagir, mantendo a frente. Mais atrás, Galid Osman escapou da pista, perdendo a quinta colocação.

O piloto da Carlos Alves continuou pressionando e conseguiu ultrapassar o rival da Bassani. Nunes ainda tentou responder, mas Thiago conseguiu defender e logo viu a entrada do safety-car por conta do problema com seu companheiro de time.

Com menos de quatro minutos para o fim, o carro de segurança voltou para os boxes. Camilo foi bem na relargada, mantendo a ponta e abrindo uma discreta vantagem. Com bom ritmo, o piloto da Carlos Alves conseguiu abrir, vencendo tranquilo em Jacarepaguá.

Brasileiro de Marcas, Rio de Janeiro, Jacarepaguá, Corrida 2, Final:
 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube