Gandolfo afirma que “ficha ainda não caiu” com título na Taça GP 25 Anos

Foram duas vitórias em três etapas que deram ao piloto a chance de integrar, pela segunda vez, o time GRANDE PRÊMIO nas 500 Milhas de Kart. Mas Elisson quer muito mais.

Elisson Gandolfo jogou com o regulamento embaixo do braço para sair com o título da Taça GP 25 Anos, terceiro minitorneio da temporada 2019 da Copa GP de Kart. 

 
O quinto lugar na prova deste sábado (12) na Granja Viana bastou para que o piloto garantisse o seu lugar nas 500 Milhas de Kart, que acontece em dezembro.
 
Ao GRANDE PRÊMIO, o campeão parece não acreditar no resultado obtido. "A ficha, na verdade, ainda não caiu. Estou vindo de duas etapas muito fortes. Entrei na pista querendo administrar, sem entrar em nenhuma confusão".
O receio de perder um título que estava na mão passou pela cabeça de Gandolfo. Além de ter grandes adversários na briga pelo trofeu. "O (André) Mansano é um piloto muito bom, Marcos Alemão também, tinham chances. Meu medo era o kart quebrar e isso aumentou a minha ansiedade, poderia tirar uma vaga com uma chance tão grande como a minha", afirmou.
 
O ano de 2019 é especial para Elisson, afinal, vem de um quarto lugar no Festival Brasileiro de Kart na categoria Master. E a conquista da Taça GP entra para sua lista de grandes conquistas pessoais. "Tenho alguns trofeus mas, com certeza, este é um dos mais bonitos e significantes pelo que vem atrelado a ele, que é a vaga nas 500 Milhas. É um sonho e participar novamente é surreal".
 
Elisson Gandolfo (Foto: Gabriel Pedreschi/Grande Prêmio)

A decisão dos outros integrantes da Scuderia GP nas 500 Milhas de Kart acontece no próximo dia 02 de novembro (sábado), a partir das 20h30, no Kartódromo da Granja Viana e com cobertura completa do GRANDE PRÊMIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube